23.5.2019

É hábito arraigado do brasileiro considerar-se superior a tudo aquilo que ele não entende. Noventa por cento das opiniões emitidas pela mídia e pelo mundo acadêmico são assim.

Nunca vi um “moderado” cobrar moderação dos radicais comunistas que têm a seu serviço assassinos armados e quadrilhas de narcotraficantes. Só vêem radicalismo perigoso no Olavo de Carvalho e no Bolsonaro.

Todo moderado é, por essência, um canalha cagão a serviço de um canalha feroz.

Agora todos já sabem que o Santos Cruz NUNCA esteve a favor do governo Bolsonaro. Ele mesmo o confessa. Mas quem, na mídia, terá a hombridade de reconhecer que quem dividia o governo era ele e não eu, que simplesmente contava a história?

Não vejo por que tentar salvar as empresas que, coitadinhas, nada mais fizeram do que espalhar propinas e corromper a classe política. Têm de ser sumariamente desapropriadas e vendidas a empresários mais honestos.

Os comentaristas de mídia INVENTAM as minhas idéias conforme lhes pareça melhor para sujar a minha reputação. TUDO o que dizem de mim é falso. TUDO.

A mídia nacional praticamente inteira é uma organização criminosa a serviço do Foro de São Paulo. Não tem NADA a ver com jornalismo. Se o governo continuar se recusandon a enxergar isso, ela vai destrui-lo com os pretextos mais “moderados” do mundo.

O Luís Nassif tenta colocar na minha boca a idéia de que todos os militares brasileiros são esquerdistas. Não me espanta que isso venha de alguém que a vida inteira só pensou em “Dinheiro Vivo”.

A mais grave ofensa que o Nassif poderia me fazer é medir-me pela sua própria estatura.

Nunca escrevi uma linha pensando num leitor tipo Luís Nassif.

Só um idiota completo pensaria que os militares — a maioria deles — são esquerdistas ou cúmplices do esquerdismo. Mas só um idiota mais completo ainda imaginaria que, ao longo das últimas três décadas, o Foro de São Paulo, que conseguiu nomear quatro dos seus membros ministros da Defesa, não fez nada, nadinha para conquistar corações e mentes entre os militares brasileiros.
O Nassif quer fazer crer que eu sou o primeiro tipo de idiota para assim poder transformar os seus leitores no segundo tipo.

Todos os problemas brasileiros continuarão insolúveis enquanto os partidos pertencentes ao Foro de São Paulo não forem fechados como o determina a lei, e cassados os direitos políticos dos seus dirigentes.

22.5.2019

Quem, com ares de santidade, se gaba de atacar idéias e não pessoas, mas não entende que isso só vale para adversários puramente intelectuais, é quase sempre apenas um bobão prosternado ante o poder dos seus próprios inimigos. Política não é luta de idéias, é luta de pessoas e grupos. Preserve a pessoa do inimigo, e ele terá o indescritível prazer de continuar mandando em quem tem idéias melhores que as dele.

O burro acha que todo mundo é burro; o inteligente, que todos são inteligentes — e, nisso, ambos são igualmente burros.

Pessoas monstruosamente incultas como os nossos jornalistas, professores universitários, políticos e similares, não têm a menor idéia do poder que o homem de letras, sozinho e por meio da sua arte e de nada mais, pode exercer sobre as multidões e sobre o curso da História. Não imaginam outro modo de açãe senão aquele que lhes é próprio, a organização militante sustentada por verbas milionárias. Por isso, vendo o impacto do escritor sobre a sociedade, têm de imaginá-lo como se fosse semelhante a eles — o chefe de um exército militante financiado por forças econômico-políticas gigantescas. 
Criam toda uma fantasia absurda para defender-se de uma realidade que, se a vissem, os mataria de humilhação.

Alguém pode me informar o que levou o presidente da Band a achar (se é que achou mesmo) que quem destruiu a economia brasileira não foi a corrupção, e sim a Lava-Jato?

Desde antes da eleição avisei que a vitória do Bolsonaro mobilizaria contra o Brasil forças internacionais temíveis, e que por isso mesmo, elegê-lo era menos importante do que formar uma militância organizada e adestrada para defendê-lo. O povo está a favor dele, mas ainda é apenas a massa amorfa, sem organização permanente.
Enquanto isso, milhares de falsos amigos do presidente (e alguns meus) se aproveitaram do sucesso dele para subir na escala social e poder agir contra ele mais eficazmente.

Pois é…

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Verdevaldo e Arruinaldo, que dupla!

A imagem pode conter: texto

Antes ser roubado do que ter de ouvir o ladrão explicar que o roubo é justo.

Repito: o Congresso, no Brasil, só existe para impedir que a vontade do povo se realize.

21.5.2019

Só perfeitos imbecis acreditam que cargos parlamentares dão mais poder do que o controle da mídia e das universidades. Confundem o formalismo legal com a realidade.

Por que a mídia INTEIRA desvia os meus livros e ensinamentos dos olhos do leitor, obrigando-o a enxergar em mim tão-somente um estereótipo difamatório, um personagem de ópera bufa, o “guru”, o “astrólogo”, o “ideólogo”?
E por que, entre os direitistas eleitos por força da onda bolsonarista, nenhum jamais desceu do seu pedestal para denunciar, na Câmara ou no Senado, essa FORMAÇÃO DE QUADRILHA montada contra aquele cuja obra criou a condição sociocuiltural sem a qual jamais eles teriam chegado ao Parlamento?

Por que acham que seus projetinhos de lei são mais importantes que o prestígio cultural do pensamento conservador, prestígio que no Brasil criei SOZINHO, contra tudo e contra todos, e que sem a minha presença não existiria nem como sonho?

O presidente da República me honra muito mais do que qualquer vereador “direitista” da menor cidade brasileira.

Qual desses palhaços que ganham dinheiro do povo para se fazer de porta-vozes da “direita” em cargos públicos cumpriu este programa mínimo de estudos?

Durante cinquenta anos o comunismo domina sozinho o espaço midiático e universitário, proibindo toda expressão pública de anticomunismo. Então vem um gênio da direita e, em nome do isentismo, quer calar por igual a boca de ambos. E chama isso de Justiça, puta merda! É punir por igual o estuprador e a estuprada.

Tomar o poder num grêmio de faculdade, numa redação de jornal, numa corporação religiosa ou num sindicato é mais importante, estrategicamente, do que eleger um presidente da República, mas, como se viu em 2018, eleger o presidente é mais fácil.

Se eu fosse mesmo o guru da direita, oitenta por cento dos direitistas que se elegeram deputados e senadores estariam varrendo os corredores do Parlamento.

Uma facção política que imagina poder vencer enquanto permite que o maior dos pensadores seus aliados seja achincalhado e caluniado e até ajuda a facção adversária a fazer isso já mergulhou no lixo e NÃO SAIRÁ DELE NUNCA MAIS.

Vocês, direitistas eleitos, não conseguem nem sustentar um decreto já assinado pelo presidente. E acham que vão decidir os rumos do país…

Nunca tomei a iniciativa de ofender o general Santos Cruz. Bem ao contrário. Escrevi algo EM FAVOR DELE, e ele, sem nenhuma razão plausível, me respondeu com insultos. A mídia esquerdista inverte a história e a direita filha da puta acredita na versão midiática, repetindo-a como se fosse verdade bem provada.

Uma direita que acredita mais na grande mídia do que em mim está condenada ao fracasso e a uma morte degradante.

Nunca vi, na esquerda, um atorzinho pornô ou guitarrista assanhado querer se fazer de superior a algum filósofo comunista. Pelo menos nisso a esquerda é menos orangotanga.

Dezenas de carreiristas filhos da puta tentam subir na vida dizendo-se discípulos do Olavo de Carvalho, e aí aparecem opinadores ainda mais filhos da puta dizendo que EU quero colocar esses tipinhos no governo para controlar a politica brasileira à distância. Alguns dizem até que quero dinheiro do governo para fazer isso. 
A baixeza brasileira não tem limites.

No plano do COF, eu imaginava que precisaria de uns trinta anos para restaurar a dignidade intelectual no Brasil, e que só DEPOIS DISSO seria possível criar uma classe política mais capaz e decente. 
Aí aparecem os fominhas assanhados, loucos por um cargo público, e a mídia vê neles os agentes do Olavo de Carvalho…

Vocês não imaginam o número de pedidos de emprego público que recebi… É foda.

20.5.2019

Recordar é viver:

A imagem pode conter: texto

Fofocas de puteiro. A coisa mais ridícula e porca da política brasileira é o número de filhos da puta que se fazem de detentores de “inside information” e criam intrigas fantásticas. Outro dia um deles disse que eu trabalhava para o governo americano através do Bannon (que não apita nada no governo americano). Hoje veio outro dizendo que quem trabalha para o Bannon é um jornalista que me entrevistou tempos atrás, o qual prepara um candidato presidencial para 2022 e está me manipulando para esse fim, não consigo imaginar como. 
Cambada de aspirantes a canalhas.

Quantos espíritos fecais não andaram dando carteiradas no governo usando o meu nome, dizendo-se alunos ou admiradores meus?

Mas o mais grotesco de tudo é a tropa de “analistas” e “especialistas” que, vendo a ação desses vigaristinhas que nem conheço nem desejo conhecer, imagina que são um grupo político coordenado por mim…
O Brasil é um putospício, mistura de puteiro e hospício.

Um fenômeno trágico das últimas décadas é o número de cristãos — católicos e protestantes — que, fazendo análises realistas sobre a ascensão do mundialismo anticristão (ajudado por milhões de pseudocristãos). acabam se apegando à esperança insensata de uma salvação vinda da Rússia. Sei quanto é difícil viver sem esperança nenhuma, mas com certeza é mais sensato do que apegar-se a esperanças loucas.

A competição parlamentar é CEM POR CENTO INÚTIL enquanto os comunistas dominarem as universidades e a mídia. Digo isso há décadas, mas é como falar com um porco-espinho morto.

Mentira sórdida. Os ETs não observam o planeta Terra. Observam só o Senado brasileiro.

Progressos da moralidade nacional.

É curioso: a revista É-Porca acha imoral eu dizer palavrões, mas não vê nada de mais em armarem uma cena de teatro para me acusar de ofender alguém que não ofendi. Já dizia o Machado de Assis: no mundo do Medalhão, a aparência é tudo, a realidade é apenas uma conveniência ocasional.

Senadores e deputados estão ocupados demais com seus projetinhos e não podem prestar atenção a este fenômeno insignificante: o anticomunismo está PROIBIDO no Brasil.

Para a É-Porca, montar uma farsa para incriminar um inocente é a perfeição da moralidade. Imoral, mesmo, é ele responder a isso com palavrões.

 mídia INTEIRA mentiu fingindo defender o Santos Cruz:

Nenhuma descrição de foto disponível.

Se eu tivesse sobre a “direita” nacional um centésimo da autoridade que os palpiteiros de esquerda me atribuem, ela jamais teria gastado energias preciosas na luta eleitoral, teria se concentrado no trabalho de base e a turma do Foro de São Paulo, em vez de machucadinha, estaria, como força política, extinta.

Vendo a desenvoltura cínica com que a mídia inteira inventou historinhas comprometedoras a seu respeito, o general Santos Cruz bem poderia ter começado a desconfiar que fossem igualmente falsas as narrativas em que ele baseou seus primeiros julgamentos da minha pessoa…
Nunca é tarde para aprender a verdade.

19.5.2019

Houve um tempo, no Brasil, em que as facções opostas eram representadas por Oswaldo Aranha e Carlos Lacerda. Hoje são Gleisi Hoffmann e Alexandre Fruta. É o mesmo que dizer: Fudeu.

Entendem por que, de repente, os comunistas todos passaram a bajular os ditos “moderados”?

Educada pelos jornalistas e acadêmicos, a classe política, no Brasil, se caracteriza pelo seu ódio mortal, assassino, a tudo o que é belo, nobre e elevado.

Aviso: PAGO 320 mil reais para nunca precisar ir a Brasília.

Aposentado há quase vinte anos, de tal maneira odeio grana estatal que nunca fui buscar o dinheiro que me é devido por lei. Dá uns quatrocentos mil. Imaginem, então, se eu aceitaria 320 mil pelo prazer de trabalhar com o Santis Cruz…

Tentando refutar a minha afirmativa de que o Poder Legislativo, no Brasil, só existe para impedir que a vontade popular se realize, o ilustre Renan Caralheiros comprova que eu tinha cem por cento de razão. Os brasileiros aprovaram a liberação das armas no plebicito de 2005 e depois a confirmaram elegendo Bolsonaro. O Senado despreza solenemente a vontade do povo.

Desarmamentismo é genocídio. O Brasil está cheio de políticos qye ADORAM ver o cidadão desarmado levar chumbo de assassinos.

Senadores de merda: Vocês têm seus seguranças armados, pagos com o dinheiro do povo que vocês desarmam.

Que caralho de direita é essa, que NADA QUER FAZER CONTRA A PROIBIÇÃO DO ANTICOMUNISMO NA MÍDIA E NAS UNIVERSIDADES E TEM MEDO ATÉ DE DIZER QUE ESSE HORROR EXISTE NUM PAÍS “SOI DISANT” DEMOCRÁTICO?

A mídia, no Brasil, é uma organização política a serviço do Foro de São Paulo. Dizer que ela tem “uma grande função na democracia” é mentira grossa. A unica função dela na democracia é a função de coveiro.

Quem quer conviver democraticamente com o comunismo em vez de lutar para varrê-lo da face da Terra é um traidor abjeto da democracia, da ordem legal e da paz.

Todo partido que se diz de direita deveria exigir dos seus membros um compromisso assinado de lutar pela EXTINÇÃO do comunismo.

A convivência pacífica que devemos dar aos comunistas é a mesma que eles dão aos cristãos e aos dissidentes em geral.

Ser “moderado”, no Brasil, é praticar aquilo que o Herbert Marcuse chamava de “tolerância repressiva”: Toda a tolerância para com a esquerda, nenhuma para com a direita. 
Exatamente isso. Não se deixem enganar por palavras bonitas.

O cúmulo da fé é o sujeito acreditar que sabe que Deus não existe.

No dia em que eu usar de linguagem polida para falar de um desses colaboracionistas do comunismo genocida que a perfídia jornalística chama de “moderados”, podem me jogar na privada e puxar a descarga.

A primeira e mais alta qualidade da linguagem escrita ou falada é ser ADEQUADA ao seu objeto. Falar de monstros assassinos — ou de seus bajuladores — como se fossem cidadãos de bem não é polidez: é farsa.

Humberto Costa, do PT:
“Temos de garantir que o monopólio da força pertence ao Estado.”
OBS – Isso é a definição lógica e a descrição factual histórica do totalitarismo genocida.

Todos os partidos de esquerda servem a regimes genocidas.

Quem quer “convivência democrática” com ideologias, regimes ou partidos genocidas é ele próprio um genocida.

O sonho da minha vida era diminuir o número de analfabetos funcionais no debate público brasileiro.
O projeto estava indo bem, até que a ascensão da “direita” colocou um bocado deles no Parlamento.

Por acaso a Históris absolveu os “moderados” que a pretexto de necessidades econômicas faziam comércio com os nazistas? 
Trocar sorrisos com o governo chinês é cobrir com um véu de flores a matança de cristãos.

Ninguém é “moderado” por engano. Cada um só se torna moderado por covardia ou interesse.

18.5.2019

Rodrigo Cocô protege o Verdevaldo:

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

“Moderado” é um sujeito que quer conviver democraticamente com o genocídio comunista em vez de bani-lo da face da Terra.

Quando o comunismo leva uma porrada inesquecível, ele apela ao Plano B: os moderados.

Na luta contra o mal absoluto, todo moderado é um criminoso.

Só um cretino como o Vil imagina que só há comunismo onde os meios de produção são estatizados. O comunismo tem mil faces. Ele não se define por uma unidade doutrinal, mas por uma unidade estratégica entre doutrinas diversas e até incompatíveis.

Recordar é viver. Nunca, nunca, nunca encontrei no Brasil um discordante que soubesse disto:

A imagem pode conter: texto

O Partido Comunista Russo sempre teve uma paciência infinita com os comunistas brasileiros e um estoque inesgotável de Hipoglós para curar o bumbum deles nas emergências.

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

ATENÇÃO:

O filme “Shutter Island”, com Leonardo di Caprio, aborda o drama das pessoas sãs internadas em hospitais psiquiátricos para suprimir informações que pudessem comprometer o “establishment”. Só que o filme lança a culpa disso na “Comissão de Atividades Anti-Americanas”, isto é, no senador Joe McCarthy, que nunca apelou a esse expediente abjeto, e cobre de silêncio o Partido Comunista da URSS, que colocou em hospitais posiquiátricos MILHÕES de inimigos do regime.
Desinformação comunista criminosa, badalada por toda a mídia.

Todos os idiotas em altos postos espalham a mentirinha boba de que concorro com eles na luta pelo poder político. Se esse fosse o meu objetivo, eles, com suas inteligências de orangotangos, já estariam todos na lata de lixo da História. A sorte deles é que não tenho a menor vocação para o tipo de lutinhas a que dedicam suas porcas vidas.

Todos pensam que eu sou uma espécie de Santos Cruz da direita.

https://noticias.r7.com/brasil/secom-nega-proposta-de-programa-para-olavo-de-carvalho-15062019?fbclid=IwAR11GOaDnifvDsn4RXD_EjOt_0MH_W3sxNuwMS0xUKw6URecvaDEmVbpn6I

O Parlamento, no Brasil, existe SÓ para impedir que a vontade do povo prevaleça. E o nome disso é “moderação”.

Há um quarto de século professores e jornalistas falam mal de mim, e NENHUM DELES JAMAIS DISCUTIU UMA ÚNICA IDÉIA MINHA. Ou as omitem, ou as inventam.

Não conheci, jamais, um professor universitário brasileiro que houvesse lido os “Princípios Matemáticos de Filosofia Natural” de Isaac Newton, mas conheço centenas que têm opinião formada a respeito e não aceitam contradição.

Não conheci, jamais, um professor universitário brasileiro que houvesse lido os “Princípios Matemáticos de Filosofia Natural” de Isaac Newton, mas conheço centenas que têm opinião formada a respeito e não aceitam contradição.

*

Roberto Alvim18 de junho às 08:05

URGENTE:
caros, 
peço a todos os atores, diretores de teatro, dramaturgos, professores de artes cênicas, cenógrafos, figurinistas, iluminadores e sonoplastas,
que se alinham aos valores conservadores no campo da arte do TEATRO,
que enviem mensagens para o email 
teatrobrasileirodearte@outlook.com
com seus currículos.

estamos montando um grande banco de dados de artistas de teatro conservadores.

e peço também que todos compartilhem essa mensagem (postem no Twitter tbm, por favor)
para que chegue ao máximo de pessoas
por todo o Brasil.

vamos criar uma máquina de guerra cultural!

MUITO OBRIGADO 
e que Deus lhes abençoe!

*

Recebi por e-mail:

O Foro de São Paulo em Caracas

Segundo informa a página oficial do Foro de São Paulo, no próximo 25 de julho se realizará o XXV Encontro dessa organização em Caracas. Basta ler o programa de atividades, publicado na tal página, para se dar conta dos objetivos da reunião.

O Foro de São Paulo (FSP) procurar relançar a organização, depois do retrocesso que significou para ela as vitórias de Trump (Estados Unidos), Bolsonaro (Brasil) e Duque (Iván, Colômbia), e as derrotas sofridas por seus candidatos em vários países latino-americanos. O FSP considera que a direita perdeu sua grande oportunidade, por não saber aproveitar os triunfos obtidos, e que chegou a hora de uma revanche.

O FSP atua como uma transnacional que conjuga os recursos de cada uma das organizações-membro para conseguir objetivos regionais. Quer dizer, enquanto as instituições de cada país se defendem em separado, o Foro de São Paulo funciona como uma maquinaria continental perfeitamente acoplada. Evidentemente, aquelas estão em desvantagem frente a esta.

Na Colômbia, por exemplo, o FSP faz uso do território e dos recursos do Estado venezuelano, assim como o poder de fogo das FARC e do ELN, para desestabilizar o presidente Iván Duque e apoiar a candidatura de Gustavo Petro. No Brasil, utiliza a maquinaria burocrática controlada pelo Partido dos Trabalhadores (PT), junto com as redes européias da esquerda, para desprestigiar o presidente Bolsonaro. E assim sucessivamente.

Em muitos casos, o financiamento de suas operações provém do narcotráfico, como bem o denunciou na Espanha o Presidente do TSJ Legítimo da Venezuela, Miguel Ángel Martín. É importante ressaltar que as FARC constituem o primeiro cartel da cocaína do hemisfério ocidental, embora talvez atualmente tenham sido rebaixadas pelo Cartel dos Sóis da Venezuela.

Prevê-se que os projetos que se discutirão no XXV Encontro do Foro de São Paulo incluam: aproveitar as incoerências da oposição venezuelana para manter Nicolás Maduro no poder, respaldar o governo de Daniel Ortega na Nicarágua, avalizar a candidatura ilegal de Evo Morales na Bolívia, garantir o êxito da agenda do presidente López Obrador no México, respaldar política e financeiramente as candidaturas de Gustavo Petro na Colômbia e Cristina Kirchner na Argentina, lutar conjuntamente pela libertação de Lula da Silva no Brasil e fortalecer as relações com o fundamentalismo islâmico, entre outros muitos projetos.

Enquanto este processo tão grave se desenvolve, não existe estrutura similar, mas com sinal contrário, que lhe faça frente. Urge conformar um anti-Foro de São Paulo que prepare uma estratégia similar diametralmente oposta e que defenda a democracia, as liberdades e os direitos humanos na América Latina.

*

MERVAL PEREIRA não tem a menor idéia do que seja a democracia, nem das condições que permitem sua existência. 
Um democrata, no entender dele, deixa que inimigos armados derrubem o governo, e não pede que o povo se arme para defender o regime.
NENHUM democrata jamais agiu assim. Os que o fazem entram para a História como TRAIDORES.

A imagem pode conter: texto

MERVAL É O TIPO DO “MODERADO”.

DA PÁGINA DA LÉA NILSE MESQUITA:

A SEUS INIMIGOS, ACUSE-OS DO QUE VOCÊ É
A extrema-imprensa e os sites vermelhos publicaram jubilosos a informação de que a SECOM tinha recebido ordens de cima para contratar os serviços de Olavo de Carvalho, que estaria a fim do emprego, coisa que o general cara-fechada tinha recusado fazer e, por isso, foi demitido – conclusão tirada sem checagem dos fatos e sem perguntar ao filósofo se era real sua pretensão de colaborar com o governo em trabalho remunerado.
“Acuse seu inimigo do que você é”, eis o eterno mandamento dos comunistas. Abaixo, veja as quantias pagas pelo governo Dilma a alguns blogs esquerdistas SÓ NO ANO DE 2016:
– Brasil 247: 2,1 milhões
– DCM: 1,11 milhão
– Carta Maior (site): R$ 921 mil
– Forum: R$ 921 mil
– Paulo Henrique Amorim: R$ 865 mil
– Opera Mundi (Breno Altman): R$ 83 mil
– Luís Nassif: R$ 814 mil (além do contrato com a EBC)
– Carta Capital (site): R$ 664 mil
– Sidney Rezende: 409,5 mil
– CGM: R$ 359 mil
– Pragmatismo Político: 219 mil
– Blog do Esmael: 169 mil
– Viomundo (LC Azenha): R$ 166 mil
– O Cafezinho: R$ 124 mil
(FONTE DOS DADOS: O Antagonista)

Nunca aceitei nem — é claro — pedi dinheiro a governo nenhum. Muito menos aceitaria algum para trabalhar sob as ordens do Santos Cruz.

O democrata ideal do Merval Pereira preferiria antes deixar os nazistas matarem até o último morador do Gueto de Varsóvia do que dar armas aos judeus para que defendessem a ordem pública. E deixaria os russos matarem quantos húngaros quisessem, mas não pediria que o povo húngaro se defendesse.

Desafio todos os heróicos defensores da democracia e da moderação a apontar UMA AFIRMAÇÃO MINHA QUE PROPONHA A IMPLANTAÇÃO DE UM REGIME DE FORÇA.

Algum Marcos Nobre ou coisa parecida pode me indicar, por favor, uma organização criminosa das dimensões das Farc ou do MIR chileno que dê suporte sangrento ao “projeto hegemônico” do Bolsonaro como deu ao do Foro de São Paulo por duas décadas? Será que esse sujeito imagina poder nivelar o crime e a ordem por meio do simples uso das mesmas palavras para descrever a ambos?

Durante vinte anos o Foro de São Paulo roubou, sequestrou, vendeu drogas e matou impunemente. NINGUÉM chamou isso nem mesmo de “radicalismo”.
Foi alguém ameaçar parar o morticínio e imediatamente a mídia inteira e a gangue universitária começaram a ver nele um perigo totalitário apocalíptico e a invocar contra ele a ajuda militar que ainda ontem rotulavam de fascista.

Esse Marcos Nobre é louco ao ponto de achar que o Bolsonaro não tem apoio do povo, só da zé-lite. Apoio do povo têm o Lula e a Dilma, né?

A mais torpe desinformação da mídia atual é opor “moderados” a “ideológicos”, como se a tal “moderação” não fosse pura e grossa ideologia.

O maior debate político do momento: Quem elegeu o Bolsonaro? Foi o Fruta ou o Lobostão? Ou talvez o Kim Katapeidinho?

O caso do Roberto Alvim prova novamente: o anticomunismo está TOTALMENTE PROIBIDO na mídia e nas universidades do Brasil. Isso é a mais vasta operação de censura comunista já posta em prática fora dos países comunistas.
E os “moderados”são instrumentos dela, garantindo a liberdade dos comunistas e intimidando mediante xingamentos de “radicais” ou até de “terroristas” os adversários deles.

17.5.2019

Nenhuma descrição de foto disponível.

O problema não é que nossos estudantes são analfabetos funcionais. O problema é que professores, jornalistas, deputados, senadores e demais membros da classe governante o são tanto quanto eles.

Como vocês explicam que um escritor tão achincalhado e caluniado diariamente na mídia inteira seja tão aplaudido pelo povão nas ruas e alcance tanto sucesso com seus livros e cursos?
;E simples: a mídia só é lida por aquele famoso um por cento da população, pela zé-lite, por aquela corja de filhos da puta que o povão odeia.

O Alexandre Fruta fez carreira no teatro mostrando pinto e cu. Na atividade parlamentar, para alívio geral, mostra só o cu.

A imagem pode conter: texto

NÃO SEI SE ISTO É VERDADE E, EM PRINCÍPIO, NÃO ENDOSSO A DENÚNCIA. O QUE É PRECISO É AVERIGUÁ-LA.

https://bastidoresdanet.blogspot.com/2019/06/exclusivo-um-novo-atentado-contra.html?m=1&fbclid=IwAR01jbnXPiYDxKW0FFe81ojpRNm6mqp5lh7kkzM3toNIfYmeQTXE0a6Mb08

Esse pessoal enfezadinho já não sabe nem inventar uma mentira que preste. Alguém com QI superior a 12 pode acreditar que por 320 mil reais ou qualquer outra quantia eu desejaria ser empregado do Santos Cruz?

Se o Alexandre Fruta me mandar um míssil, retribuirei a gentileza enviando-lhe uma piroca voadora.

MODERAÇÃO É O NOVO NOME DA TRAIÇÃO. Sendo público e notório que organizações comunistas e pró-comunistas não desejam continuar para sempre concorrendo democraticamente com adversários anticomunistas, mas sim bani-los da atividade política e controlar o jogo sem oposições como sempre fizeram nos países onde tomaram o poder, qualquer “moderado” que se omita de tentar destrui-las e pretenda em vez disso fingir que elas são normais concorrentes democráticos é um TRAIDOR, UM INIMIGO DA PÁTRIA, UM COLABORADOR DO FORO DE SÃO PAULO E DE ORGANIZAÇÕPES SIMILARES.

https://www.theepochtimes.com/orwell-explains-how-socialists-alter-language-to-alter-history_2962515.html?fbclid=IwAR3_6Od2O1jcvU4JlbW07_RobipykVgY_x7USQSzYIBk74oZXS20MKYnyIQ

Qualquer amigo do governo chinês é um inimigo de Cristo e da Sua Igreja.