27.10.2018

*

Nos anos 90, bastava ler os documentos do Foro de São Paulo para saber TUDO o que o PT iria fazer: o assalto aos cofres públicos para sustentar ditaduras genocidas; a aliança com o narcotráfico e o terrorismo internacional; as fraudes eleitorais e os homicídios. Os que, diante disso, adotaram a política do “Senta que o leão é manso” estão agora choramingando de medo do leão.

Ói nóis no Epoch Times, o jornal predileto do Donald Trump. Entrevista ao Jeffrey Nyquist:

https://www.epochtimes.com.br/entrevista-olavo-de-carvalho-fala-sobre-comunismo-no-brasil-e-na-america-latina/

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/10/em-novo-texto-olavo-de-carvalho-chama-haddad-de-monstro-de-frieza-e-premeditacao.shtml?fbclid=IwAR1sJXmove8W9ySJk_PnyHKv9l8mQJoqNIfXULvbSEaUXtmXzFraJMxsYjk

BUCETINHAS CAPRINAS. Em vez de publicar o texto que lhe enviei no uso do meu direito de resposta, a Folha de São Paulo, canalha como ela só, colocou em lugar dele um resumo brutalmente alterado, dando sumiço nos meus argumentos e reiterando a mentira pró-Haddad publicada dias antes.
É um jornal feito pelas cabritinhas do Lula.

Sem exagero: O PT e seus associados — PCC, Comando Vermelho, Hezbollah, Farc, Foro de São Paulo, Maduro, O Globo, Folha de S. Paulo etc. — são A MAIOR organização criminosa que já existiu no mundo.
O que estamos vendo não é uma concorrência eleitoral: é a luta de um povo desarmado contra o crime organizado e bilionário.

https://observador.pt/opiniao/o-filosofo-de-bolsonaro/?fbclid=IwAR3afMRHoWSOv1Uq9eZskxf_jYnGo0Db0nw_jVGLaVlMhD5dRMjDzOk6VK8

Na área de comentários do artigo abaixo, o Rodrigo Sousa colocou estas notas, com as quais concordo em gênero, número e grau:

Olá Roxane, eu enviei-lhe uma mensagem há uns tempos… sempre que o filósofo Olavo de Carvalho for atacado pelo mainstream em Portugal, nós defenderemos a sua honra. Precisamos talvez de uma palavra de apoio para quem aqui vive, português ou brasileiro, para que sejamos unidos, organizarmos convívios, jantares, o que for, para fomentar essa amizade e unidade. Portugal não vive um processo revolucionário emergente e imediato, mas uma revolução progressiva. Somos cozidos como sapos. Espero que este artigo desperte o Olavo a virar as suas atenções ao país irmão, ajudando-nos a libertar-nos igualmente da subjugação ideológica em que vivemos. Por minha vontade, o único que faria na vida era seguir somente as orientações do Professor Luiz Gonzaga De Carvalho Neto, bem como de outros autores, e dedicar-me só à parte espiritual (pois ele suplanta o pai nestas matérias) mas a situação social e política é demasiado má. Precisamos de estar mais unidos para evitar o 1984 progressivo na nação lusitana.

Atenção, ô chefe da fôia: Ideólogo é o cu da sua mãe.

Desisti de discutir com o Caetano quando vi que ele afirmava ser um bezerro gritando “Mamãe!” e nem percebia que acabava de xingar sua digníssima progenitora.

O brasileiro é, na História, o primeiro povo que saiu às ruas, desarmado, para enfrentar uma gangue de ladrões, narcotraficantes e assassinos armados até os dentes.

Opinião e realidade. Por favor, comparem estes dois recortes. O primeiro é um comentário na Fôia. O segundo é uma explicação, pelo Homeland Security, do que é o tipo de visto que recebi do governo americano — sendo, até onde sei, o ÚNICO escritor brasileiro que recebeu esse tipo de reconhecimento.

É hora da virada, Caggad. Vá virando a bundinha aí.

Recebi por inbox:

https://www.facebook.com/MovimentoJuntospeloBrasil/videos/2144161248936078/

David Amato Professor Olavo de Carvalho: há algum tempo eu pedi para que o Edson Camargo, editor do MSM, perguntasse pessoalmente ao senhor sobre os projetos administrativos, em especial o do CdR. A resposta foi que sim, eles continuavam em curso, motivo pelo qual aprofundei as leituras sobre o tema. O primeiro contato que tive com esse mapa se deu por conta de indicação sua acerca da obra de Nicholas Hagger, que posteriormente me levou até a fonte original. O que está compilado na postagem é uma tentativa de compartilhar o pouco que aprendi e agradecer pela sua ajuda. Obrigado, professor.

*

Perguntar não ofende: Se o voto eletrônico já é ruim, para quê essa frescura de máquinas de votar com impressoras, como alguns propõem? Por que não só o papelzinho, como antigamente? Quanto mais inteligentes se tornam as máquinas, mais burros os seres humanos.

<Mais antigamente ainda, as cédulas eram impressas pelos próprios candidatos. O governo não gastava nisso um tostão.

O que está em jogo hoje não é saber quem será o próximo presidente da República; é saber se, sem a ajuda das Forças Armadas, a quase totalidade da população de um país pode alguma coisa contra a quadrilha de ricaços e celebridades que decidiu sugar-lhe até a última gota de sangue,