14.10.2018

A indignação popular ante a tentativa de matar o Bolsonaro era uma força tremenda em favor desse candidato. Poderia ser o fator decisivo nas eleições. Em vez de montar nela e cavalgar vitoriosamente, os sapientíssimos que cercam o ferido preferiram deixar que a onda arrefecesse e falar gentilmente de outras coisas.

Sem a investigação e punição dos crimes cometidos contra o Bolsonaro no primeiro turno, o apelo ao voto impresso no segundo perde oitenta por cento da sua força.

*

Desistir da luta jurídico-policial, onde TUDO está contra a camarilha petista, para em vez disso concorrer só na esfera puramente eleitoral-propagandística, onde os recursos do PT superam em mais de dez mil vezes os do Bolsonaro, é a escolha MAIS DESASTRADA que a direita poderia fazer.

O general Paulo Chagas disse que SE houvesse mudança nas pesquisas para o segundo turno, as suspeitas de fraude estariam confirmadas. Pois bem, a mudança já houve. O Ibope, aquele monumento de pureza e idoneidade, anuncia uma inexplicável subida de VINTE POR CENTO na votação do Haddad, forjando quase um empate e dando antecipada credibilidade a uma pequena mudança de última hora que resulte em vitória do candidato petista. E agora, general?

Que livrar-se para sempre da curiosidade da grande mídia? Mate o candidato da direita. Você sumirá da cena pública como que por encanto.

Par délicatesse j’ai perdu ma vie.” A direita não quer sujar suas mãozinhas em assuntos nojentos como uma tentativa de homicídio, a encenação de delitos montada para inculpar seu candidato ou dezesseis mil queixas de fraude eleitoral. Ela só quer discussão eleitoral de alto nível, não é mesmo? Quanta gentileza, puta que o pariu!

E sempre aparecem os sapientíssimos, com aqueles ares de “inside information”, pontificando: “Você está mal informado, nós estamos agindo por baixo do pano.” Sim, estão todos, por baixo da roupa, coçando o saco.

Sem a massa na rua, gritando vinte e quatro horas por dia, “Assassinos!”, os criminosos subirão ao poder absoluto nadando em vaselina.

Pela primeira vez na história do mundo tentam matar um candidato presidencial e os que se dizem amigos dele fingem que nada está acontecendo além de uma concorrência eleitoral pacífica.

Os esquerdistas passam o tempo todo acusando a direita de crimes que ela não cometeu, e ela se recusa a acusá-los dos que eles ostensivamente cometeram.

Eles querem mais sangue:

44115767_10156646329292192_5394046420569292800_n

Sempre aparecem os derrotistas com a conversa de que não há tempo disto, não há tempo daquilo. Não dá tempo de marchar nas ruas chamando os assassinos de assassinos?

Se você deixa de agir porque teme o que os inimigos vão dizer, você já se colocou sob as ordens deles, já se rebaixou a capacho e JAMAIS voltará a endireitar a espinha.

A Venezuela é o Brasil de amanhã.

44032515_10156646357107192_9198778573081542656_n.jpg

Ninguém possuindo dois cus para oferecer o segundo quando o primeiro é enrabado, nossos cristãos oferecem o do vizinho.

Nossas ações não devem ser determinadas nem pela esperança de vencer, nem pelo medo de perder, mas pelo senso de responsabilidade de lutar sempre da melhor maneira possível.

Os comunistas sempre odiaram mais os seus dissidentes e traidores internos do que o inimigo externo. Nada do que dizem dos capitalistas se compara à virulência com que atacam os trotskistas (chegando ao homicídio), os revisionistas do “renegado Kautsky” (termo de Lênin) e o fascismo de Mussolini — os três vindos de dentro da revolução socialista.

Sentindo-se a salvo de toda punição pelos crimes que praticaram no primeiro turno, Haddad e sua corja partiram para uma nova e mais virulenta campanha de mentiras agressivas e sórdidas. “A fraqueza atrai a agressividade.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s