Bárbara Semprebom

Gostei muito de conhecer esta família tão querida!— com Leilah CarvalhoCarlos NadalimRoxane Carvalho e Olavo de Carvalho.
Anúncios

Find Olavo

Olavo de Carvalho is Brazil`s most prominent living philosopher. Here is what one can find of his work in English online. Enjoy.

Some old philosophy handouts translated by Google (Portuguese to English translations have become almost entirely correct in the last years and very readable). If you feel comfortable with the automatic translations, I would recommend you browse the whole site.

https://is.gd/fwEGw3

Translations of his online philosophical diary on Facebook, made mostly by me:

https://olavodecarvalhofb.wordpress.com/category/english/

Online videos subtitled in English on various philosophical subjects.

https://www.youtube.com/cha…/UC4xsj-xJYlAbT0PXb2PVLaw/videos
https://www.youtube.com/channel/UC5DgZFjS9R05Ib_4gMfinYA

Newspaper articles translated by real people. He considers most of them case studies of his philosophy applied to politics. That is why I gave the links for the philosophical works first. The study of the real life issues is founded on what is there.

http://www.olavodecarvalho.org/category/english/

A more detailed case study is Olavo’s debate with Alexander Dugin, who is Putin’s most important intellectual influence. They debated the role of the US in the world today (although “today” is the Obama era when the debate happened).

http://debateolavodugin.blogspot.com/

Online videos subtitled in English where several political issues of the day are discussed.

https://www.youtube.com/watch?v=1MpDcBo5UOc
https://www.youtube.com/watch?v=mk9CWm0W4Q4
https://www.youtube.com/watch?v=8iOI7A8AbWA

1.9.2018

Uma diferença essencial entre os EUA e o Brasil – e sem dúvida a raiz intelectual do contraste entre os destinos das duas nações ¬– aparece já na mentalidade dos seus pais fundadores, os homens que lideraram os processos paralelos e simultâneos das duas independências nacionais.
Enquanto no Brasil as classes superiores tomavam por modelo a cultura européia do momento, ansiando por ombrear-se com ela, os americanos a desprezavam, acreditando-se capazes de fazer melhor na América com base em valores antigos que os europeus tinham traído e esquecido. A Europa dos brasileiros era Voltaire e Rousseau, Chateaubriand e Scott. A dos americanos, a Bíblia, Cícero e Demóstenes, Platão e Aristóteles.
O resultado não poderia ser senão, da parte dos brasileiros, um permanente sentimento de inferioridade entrecortado de explosões de ufanismo consolador, e, da parte dos americanos, o início de uma nova tradição cultural e política que não demoraria a ser invejada e copiada pelos europeus.

P. S. Era fatal que aparecesse algum devoto de João Calvino querendo atribuir ao tiranete de Genebra as virtudes da democracia americana. Mas, se o calvinismo exerceu influência na moral famíliar e íntima dos americanos, o que prevaleceu na vida pública foi a mais extrema liberdade de consciência, que o protestantismo europeu – luterano ou calvinista — só respeitava da boca para fora. Não esqueçam que os puritanos mudaram para a América fugindo da Igreja REFORMADA, não da Romana.

A diferença essencial entre a história religiosa dos EUA e do Brasil foi que lá o princípio da liberdadade de consciência, que o protestantismo europeu reprimia a esmagava, foi respeitado desde o início, permitindo que, num caso de divergência insanável, a parte dissidente simplesmente fundasse uma nova comunidade noutra parte do território, preservando a paz, fomentando a diversidade e fazendo da convivência democrática uma realidade de todos os dias. Esse sistema favorecia ainda a contínua renovação moral do clero pela exposição a novos desafios. No Brasil, ao contrário, os padres, cuja vitalidade espiritual dependia inteiramente da sua fidelidade a Roma, foram separados dessa fonte pela interferência autoritária do governo, caindo pouco na anarquia doutrinal e na decadência moral. Explicar o destino das duas nações pelas virtudes do protestantismo em contraste com os males do catolicismo é demagogia porca.

INAUGURADO O BLOG DO OLAVO NOVO

https://blogdoolavo.com/a-historia-religiosa-dos-eua-e-do-…/

https://blogdoolavo.com/uma-diferenca-essencial-entre-os-e…/

É psicologicamente compreensível, mas moral e intelectualmente inaceitável, que, em nome da fidelidade às suas igrejas, alguns evagélicos neguem fatos históricos sobejamente conhecidos e provados. Nenhum historiador sério, seja protestante ou católico, jamais contestou que a Igreja reformada, na Alemanha, na Inglaterra e na Suíça, embora pregando a livre interpretação do texto bíblico, reprimiu com severidade e violência as opiniões divergentes, sendo esse aliás o motivo pelo qual muitas comunidades protestantes desses países fugiram para a América. [ 49 more words ]
https://blogdoolavo.com/observacao/

Parece mesmo impossível, no Brasil, discutir qualquer questão específica, qualquer fato concreto. Tão logo você coloca os dados iniciais do problema, já vêm as tomadas de posição gerais, as defesas apaixonadas de valores universais que não têm NADA a ver com o ponto em discussão.
https://blogdoolavo.com/ta-dificil/