9.7.2018

 

Filipe G. Martins

01. Se há alguma certeza em meio à confusão de hoje, é a de que neste momento todos somos personagens da próxima peça de propaganda da campanha petista.

02. Quer o Lula seja candidato até o final ou não, a estratégia é segurar a campanha até setembro, com a finalidade de garantir presença no segundo turno.

03. Essa estratégia não é novidade na política e é a que melhor atende ao interesse do PT de manter sua hegemonia dentro da esquerda nacional e de conseguir elementos para fortalecer sua narrativa eleitoral e histórica sobre o momento atual.

04. O Haddad não teria força suficiente para chegar sozinho ao segundo turno, mas se ele assumir em setembro, após uma campanha liderada até ali pela figura do Lula, as chances dele serão enormes.

05. Essa manobra é bem conhecida no Distrito Federal, onde inúmeros candidatos ao governo conduzem suas candidaturas até a véspera das eleições, quando são cassados pelo TRE e promovem os vices de suas chapas, que entram na disputa com uma força que jamais teriam sozinhos.

06. O índice de sucesso dessa jogada não é nada desprezível.

07. Adicionalmente, nos próximos dias, uma série de viagens internacionais do Temer e de outras autoridades poderá colocar o Toffoli temporariamente na presidência do STF; e, em setembro, ele assumirá oficialmente como presidente daquela corte. Os dois períodos demandam atenção redobrada.

08. Por isso tudo, a situação é realmente preocupante e qualquer passividade pode se voltar contra nós e cobrar um preço muito alto no futuro.

09. É hora de trazer isso tudo para o centro das atenções, deixar de lado a idéia enganosa de que o Lula não fará parte desta eleição (mesmo que temporariamente ou apenas como idéia) e pautar o debate, alertando e esclarecendo a parcela da população que não está prestando atenção nesses desdobramentos e que, por isso, pode acabar sendo instrumentalizada por esse estratagema petista.

*

O povo brasileiro já está chegando àquela situação em que a escritora espanhola Anaïs Nin, cansada de ser comida pelo seu namorado, o priápico Henry Miller, choramingou:
— Não aguento mais pinto.

 

O futuro do Brasil depende de uma só coisa: conseguir manter a ordem até as eleições. Não se deixar conduzir nem por aqueles que querem o caos para precipitar um golpe militar, nem pelos que querem um golpe militar para justificar o caos. Nunca o sangue frio foi tão necessário, A situação é tão grave que ficar nervoso se tornou um luxo suicida.

Só uma coisa é certa: O povo quer o Bolsonaro na presidência e os comunolarápios na cadeia. Tudo o mais são interesses miúdos que tentam desviar o foco por todos os meios possíveis.

Não dêem ouvidos a apelos histéricos. Não percam o foco. That’s all, folks.

Não parar, não precipitar, não retroceder.

*

Tiago Silveira O senhor falou dos teólogos, me respondendo, que os que não têm medo investigam todas as coisas. Olavo, um santo, quando fala de coisas filosóficas e teológicas, quão certo ele pode estar? O que é interpretado, da parte do sujeito, da própria inspiração? Santo Aquino e Santo Agostinho divergiam em algumas coisas, por exemplo. Sei pouco deles… pelo que sei, Aquino não concordava muito com a questão da intuição (algo que o senhor discorda), nem com a fé como meio de prova de Deus e nem mesmo com questões da “Cidade de Deus” que Agostinho trabalhou — eu peguei essas coisas da síntese e interpretações das aulas da faculdade, das suas aulas e artigos e de algumas aulas do senhor Nougué, algo que passou pela minha interpretação enquanto leigo e que eu possa ter entendido errado as emissões dessas três fontes. Mas a pergunta minha é quão válidos são os juízos dos santos? Lembremos que o islã nem condena (em teoria) expressões sob êxtase místico, é análoga a Igreja Católica em relação a isso?

Olavo de Carvalho Tudo o que NÃO esteja no Denziger não é dogma, é campo aberto à discussão

*

Bernardo Pires Küster

Um sacerdote amigo meu me disse que, durante o tempo que passou como missionário nas favelas, ele observou a perspicácia e a estratégia a longo prazo calculada pelos traficantes, a fim de consolidar e expandir seus meios de ação. Eis o que eles faziam à época – e continuam a fazer.

Com todo o dinheiro que conseguem do tráfico de drogas, crimes e acordos com políticos de todo o país, os narco-chefes pagam para algumas crianças das favelas as melhores escolas, cursinhos e universidades a fim de que, futuramente, possam ocupar, acima de tudo e sempre em benefício dos comandos, lugares-chave no sistema judiciário e de segurança – promotores, procuradores, juízes, desembargadores, juízes federais, escrivães, delegados e chefe de polícia.

Vocês acham mesmo que existe alguém na chamada direita disposta a fazer algo desse tipo? Disposta a dar seus próprios recursos para colocar gente boa nos lugares corretos?

Toda essa malícia para tentar soltar Lula lhes pareceu uma surpresa? O que vocês acham que a esquerda vem fazendo nos últimos 60 anos, fazendo memes?

*

Aqueles que acham que só um governo militar seria capaz de destruir o poder da aliança comunotraficante não sabem, ou não querem saber, que esse poder se constituiu justamente durante o regime militar, bem diante dos olhos cegos dos governantes. Se a sociedade civil não é capaz de organizar-se para resolver seus próprios problemas — com a ajuda das Forças Armadas, é claro –, em vão ela se colocará sob as asas de uma corporação em especial.

A classe dominante, no Brasil, constitui-se exclusivamente de políticos,burocratas, juízes, narcotraficantes, mídia e “movimentos sociais”. Empresários e banqueiros são apenas serviços terceirizados.

O Brasil foi o único país do mundo que adotou integralmente como doutrina oficial a crença marcusiana de que os bandidos são os juízes morais da sociedade. Deu no que deu.

Stefano Fontana é o autor do livro excelente sobre (contra) Karl Rahner que citei no COF.

A GNOSE, DILACERAÇÃO DE CRISTO, DILACERAÇÃO DO HOMEM – Stefano Fontana

*

Dica do Doug Nogueira :

https://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,pcc-monta-rh-tem-setor-para-prisoes-femininas-e-cria-ate-curso-de-fazer-bomba,70002390031

 

Isto podia ter sido evitado. Militares, empresários e políticos simplesmente NÃO QUISERAM.

36867523_10156411926507192_8953854021462917120_n (1).jpg

http://www.seminariodefilosofia.org/simbolismo-e-ordem-cosmica/

36743293_1063938607091546_4127089544229027840_n

*

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s