5.1.2018

Materialista é o sujeito que tem fé num treco que ele não sabe o que é.

*

https://cristalvox.com/fatalidade-desmonta-conexao-cubana-que-agiria-com-armas-dia-24-em-porto-alegre/

É a segunda vez que, na falta de qualquer ação humana, a Providência toma a iniciativa de revelar e frustrar uma intervenção direta de Cuba nos assuntos internos do Brasil. A primeira foi em 1963, quando um acidente aéreo impediu a ocultação dos documentos que comprovavam a ajuda cubana à guerrilha das Ligas Camponesas. Agora foi esta:

*

O mais pérfido inimigo do povo venezuelano é Jorge Castañeda. Ele quer se aproveitar da crise da Venezuela para dar vantagens a Cuba (dica do Geraldo Ribeiro):

http://tools.folha.com.br/print?url=http%3A%2F%2Fwww1.folha.uol.com.br%2Fcolunas%2Fclovisrossi%2F2018%2F01%2F1948249-uma-eventual-saida-para-a-tragedia-venezuelana-passaria-por-havana.shtml&site=emcimadahora

*

O capítulo 71 (87 na edição americana) de “A Terceira Existência de Joseph Kerkhoven” é um romance dentro do romance, estendendo-se por duzentas e tantas páginas, nas quais o escritor Alexandre Herzog, a conselho do Dr. Kerkhoven, conta a vida de misérias e humilhações que levou sob o império da sua esposa, a voraz e louca Ganna Mewis. É a descrição mais exata, cruel e implacável do casamento burguês, contrato comercial que se substituiu ao matrimônio cristão usurpando-lhe o estatuto de instituição altamente moral mediante o emprego de uma retórica jurídica repugnante. A autodestruição da civilização européia já estava toda ali em germe.

*

Gosto dos filmes do Steven Seagal, mas estou seguro de que o cabelo dele é cocô de elefante endurecido.

*

AVISO : Pode ser que a aula de hoje do COF seja cancelada na última hora. O provedor vai entrar em reestruturação pela manhã e esperamos que volte a funcionar em tempo para a aula, mas, sacumé, essas coisas sempre podem dar xabu. Avisarei mais tarde, OK?

*

“Todo homem tem duas pátrias: a dele e a França.” Não sei quem disse isso, mas é a pura verdade. Todas as vezes que desembarquei por lá, no meio de africanos e afrobaianos, persas e chineses, russos e vietnamitas, senti que estava em casa. E nada sei da propalada ranhetice francesa. É só você não falar com os parisienses em inglês, e eles serão primores de gentileza. Se o seu francês é ruim, melhor ainda: eles ficam comovidos com o esforço.

Renan Martins Dos Santos Prof. Olavo, o Carlos Heitor Cony faleceu ontem. Alguma consideração sobre a obra dele?
Olavo de Carvalho Valiosa e profundamente humana. O Cony deixa saudades.

*

O que faz de um corpo material um corpo material não é o simples fato de “ocupar um lugar no espaço”, é ter uma estrutura interna, uma “proporcionalidade intrínseca” como diria o Mário Ferreira dos Santos, um “em si” que distingue uma banana de uma pedra e uma pedra de outra pedra. Esse “em si” é invisível, inacessível à experiência direta e só cognoscível mediante uma complexa elaboração intelectual, o que torna irrelevante a afirmação de Kant de que os objetos da metafísica são incognoscíveis porque estão além da experiência sensível. Se tivéssemos só a experiência sensível para nos guiar, não poderíamos, ao menos com certeza razoável, conhecer uma banana ou uma pedra. O intelecto está presente nos mais simplórios atos de percepção, e se apoia descaradamente na imaginação, na conjetura e na pura e simples adivinhação. O primado das ciências físicas é só uma convenção acadêmica.

*

Isso é ainda mais evidente no caso de corpos animais viventes, sobretudo o do próprio ser humano. O que faz de um corpo animal vivente um corpo animal vivente não é o simples fato de mover-se no espaço, é ter um centro sensitivo e consciente que está em comunicação instantânea com todas as partes e ações do seu corpo e, no caso dos animais superiores, sobretudo o homem, com todo um universo de signos à sua volta. É nesse centro que reside a sua unidade, e ele é totalmente inacessível à percepção sensorial desde fora. O filósofo francês (nascido no Vietnam) Michel Henry enfatiza, com razão, que a realidade dos animais viventes está toda na sua SUBJETIVIDADE, e esta, como o Deus de Sto. Tomás de Aquino, só é cognoscível por analogia.

*

Uma das principais ocupações daquilo que vulgarmente se entende por ciência é tomar como realidade de um ente e sua simples definição nominal.

*

O Carlos Heitor Cony, além de um escritor de primeira ordem, era homem bondoso e sincero. Foi também aquilo que se chama um amigo certo nas horas incertas. Oremos por ele.

*

Terza Luzki Me diga onde está o cu a ser chutado, e chutarei.

*

Só uns quinze minutos antes da aula poderei avisar se ela vai acontecer ou não. Preciso esperar para ver se o provedor estará funcionando.

*

Uma vez me perdi no Rio, de madrugada. Achei um portão aberto na beira do cais e fui pedir orientação ao guarda. Ele me respondeu gentilmente:
Não ande aí por fora que será assaltado. Vá por dentro do porto, é só andar em frente.
Caminhei quilômetros entre gruas e pilhas de containers, uma visão noturna do outro mundo. Inesquecível.

*

Raymond Abellio é um filósofo notável que teve algumas intuições fundamentais das quais tirou conclusões sistematicamente erradas. É impossível ler os livros dele sem ficar mais inteligente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s