Sobre educação dos filhos

“Governe-se a si mesmo com sabedoria, dosando habilmente severidade e tolerância, e suas crianças acabarão seguindo você como uma orquestra segue o maestro.”

“A ÚNICA emoção que você deve passar aos seus filhos é a do amor. As outras, guarde para si mesmo e aja sempre com a razão. Seu filho deve ver em você um princípio organizador do caos da existência e não o gerador do caos no coraçãozinho dele.”

“Se os pais corrompem os filhos, estes nunca mais vão honrá-los. E a maioria os corrompe é na tentativa de educá-los. Tapas e gritos só ensinam a dar tapas e a gritar. Pior ainda se são entremeados de pedidos de desculpas e tentativas canhestras de conquistar o amor dos filhos. Se você usa o sujeitinho como recipiente do seu mal-estar interior, não peça que ele o ame.

“A única norma a seguir é a da Bíblia: Não atormente os seus filhos. Você pode castigá-los, mas só quando eles já estão crescidinhos o bastante para assimilar o castigo com a razão e não com as emoções.”

“Descarregar emoções ruins em cima dos filhos, a pretexto de educá-los ou de simplesmente aliviar o saco, é semear encrencas por muitos anos à frente.”

“Torre o saco do seu filho por cinco anos e ele torrará o seu pelo resto da vida.”

“O cinema americano está repleto de pirralhos metidos passando pito nos pais. Quem os ensinou? Os pais.”

“No começo eu pensava que a obrigação de um pai era educar os filhos. Que cagada! Eles se educam a si mesmos imitando o pai.”

21317749_10203377910846011_1573208817928414338_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s