4.7.2017

Hoje em dia é quase impossível, nas classes ditas letradas deste país, alguém conceber o respeito e a devoção que os escritores de antigamente — um Lima Barreto, um Graciliano Ramos, um Herberto Sales, um Josué Montello, um Jorge de Lima — tinham pela sua arte. A idéia de colocar o próprio umbigo acima dos seus deveres para com ela jamais lhes passou pela cabeça.
A arte, para eles, era um valor moral antes de tudo. Hoje em dia isso se tornou imcompreensível.

*

Um dia, no Rio de Janeiro, reparei que meus alunos estavam rindo sem que eu tivesse contado alguma piada. Aí me explicaram:

— É que com a mesma mão, enquanto prossegue a aula, você está segurando um cigarro aceso, uma xícara, uma garrafa térmica e ainda apertando o botão da garrafa térmica para despejar café na xícara. Estamos esperando a hora em que isso vai dar merda.

Eu nunca havia reparado em semelhante acrobacia, que a partir desse momento se tornou mais difícil, porque, além de realizá-la enquanto continuava concentrado no assunto da aula, passei a espiar de esguelha para ver se havia alguém rindo. Isso ultrapassou o limite da minha coordenação motora.

*

Lembrei-me desse episódio porque não entendo como alguém pode ver algum narcisismo num sujeito que, enquanto fala, concentra toda a sua atenção no assunto e nem repara se seus gestos são elegantes ou ridículos.

*

Jornalistas promovem abertamente o assassinato do presidente e, quando ele reage com uma PIADA, eles se fazem de vítimas assustadinhas.

*

Quando vocês ouvirem jornallistas dizendo “Nós somos putas”, não acreditem. Isso é tentativa de usurpar a boa reputação das mães deles.

*

Na próxima aula do COF, sábado, darei algumas dicas sobre COMO FORMAR SUA BIBLIOTECA. Espero que sejam úteis

*

Quando criei o conceito de “metacapitalismo”, houve quem desse risadas. Agora tornou-se claro que é um instrumento descritivo exato e indispensável a quem deseje entender o jogo de poder no mundo de hoje. Exemplo:

https://www.facebook.com/bernardopkuster/videos/10155580516093395/

*

Ao longo da vida, vi mais sofrimentos do que jamais padeci. Meu coração ainda bate forte, mas meus olhos estão cansados.

Olavo de Carvalho Já ouviu falar de escrotomegalia?

*

O show-man escocês Sir Harry Lauder escreveu esta canção quando o filho dele morreu nas trincheiras da I Guerra Mundial. Ouça-a quando estiver desanimado:

*

Acabo de receber o livro de Erica McKenzie, “Dying to Fit In”. Eu já conhecia a história dela pelo Youtube — provavelmente a mais impressionante narrativa de “quase morte” que já ouvi.

João Ricardo Nascimento “Meu objetivo é aprender; minha missão é servir; meu coração é amar; meu chefe é Deus e meu trabalho é ser eu”.

(Erica McKenzie, in Dying to Fit In: A near-death experience to Heaven, Hell and the in-between)

*

Agora que vi a Erica McKenzie, sei o que o próprio Deus considera uma mulher bonita. Não acredito que a Santíssima Virgem fosse muito diferente dela.

19642672_10155417314322192_5594749288440967172_n

Marcio Stockler Para os curiosos, a moça aparece nesse vídeo: https://vimeo.com/143756326

*

NINGUÉM DÉTE:

*

A apologia do capitalismo contra o socialismo é fútil e vazia se não levar em conta a crítica do capitalismo empreendida em três fronts principais: (a) a tradição marxista; (b) o socialismo nacionalista ítalo-germânico (aparentado ou não ao nazifascismo); (c) a literatura católica (Chesterton, Bloy, Péguy, Bernanos e tutti quanti). Dedicar uns três anos ao estudo dessas fontes não faria mal nenhum aos liberais mais assanhadinhos.

*

OBRIGADÃO, DEPUTADO:

https://www.facebook.com/PastorMarcoFeliciano/videos/1074218849384800/

*

Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu.

19247935_10155418382577192_645054723977186625_n.jpg

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s