1.7.2017

Momentos inesquecíveis:
Mais de quatro décadas atrás, encontrei no porão da Dona Emma de Mascheville, em Porto Alegre, junto com os originais do seu livro de astrologia que depois vim a publicar, das suas “Memórias” que continuam inéditas e outros inumeráveis documentos interessantíssimos — entre os quais uma longa interpretação do horóscopo do Mário Ferreira dos Santos, lido quando este tinha ainda uns trinta e poucos anos –, os manuscritos de fundação da seção local da Ordem Martinista. Redigido na bela caligrafia do Grão-Mestre, o então já longamente falecido Albert de Mascheville, o cartapácio expunha todos os ritos de constituição da Loja e de iniciação dos seus membros. Hoje me ocorre a obviedade de que, de posse de tão singular documento, qualquer picareta haveria, no meu lugar, fundado novas Lojas, passado as iniciações a centenas de bobocas e enchido o cu de dinheiro. Talvez por mera falta de imaginação, limitei-me a estudar o manuscrito e servir-me dele como modelo comparativo para me ajudar a entender os ensinamentos de René Guénon em “Aperçus sur l’Initiation”. Decorrido todo esse tempo, já não sei onde foi parar o fabuloso documento, do qual, autorizado por Dona Emma, conservei apenas uma cópia xerox, que também acabou sumindo.

João Winckler Prof. Olavo, meu amigo e seu aluno Henrique Ortiz me pediu para deixar essa mensagem aqui:

“Sabe se a Dona Emma deixou descendentes? Moro em Porto Alegre e talvez possa verificar o paradeiro do manuscrito.”

Eu também moro em Porto Alegre, e talvez possa ajudá-lo nisso.

Olavo de Carvalho Ela tinha um filho, Aor de Mascheville, do qual não tenho notícias há décadas.
Gustavo Costa O senhor se lembra se a interpretação do horóscopo do Mario Ferreira dizia exatamente tudo aquilo que ele foi e viria a ser?
Olavo de Carvalho Gustavo Costa As previsões foram incrivelmente exatas.
*
Sem coitadismo: Já faz um ano que não tenho acesso à minha biblioteca, e os sádicos continuam me pedindo “as fontes, as fontes” de tudo o que cito de memória. Seria injusto, nesses casos, responder que fonte, segundo o Dr. Paulo Ghiraldelli, é o cu da mãe?
*
Diante das provas irrefutáveis de que Obama falsificou seus documentos para eleger-se presidente, os americanos em geral, e os políticos e juízes em especial, consentiram em calar-se para não se arriscar a ser xingados de racistas. Foi a mais degradante humilhação a que um povo já se submeteu voluntariamente por mera frescura e subserviência à moda. Uma escolha dessa ordem, idêntica em tudo e por tudo à da mulher estuprada que se torna cúmplice do estuprador ao ocultar seu crime por medo da vizinhança fofoqueira, é um suicídio moral que deixa marcas, molda e sela irrevogavelmente um destino. Imaginar que a nação podia se livrar desse destino mediante o simples artifício de eleger um novo presidente, diferente do anterior, sem jamais tocar no episódio vergonhoso, é estapear a própria face pela segunda vez, consolidando a opção covarde que uma vez preferiu as aparências em vez da honra. O próprio Trump, consentindo em acobertar o crime supremo do seu antecessor, implora pelo fracasso, pouco importando o bem que tente fazer em outros domínios.
Stanley Oliveira Se Obama conseguiu falsificar documentos e mudar de nacionalidade mesmo como o homem mais exposto do mundo, imagina a quantidade de terrorista que consegue mudar de nacionalidade por aí. Por isso que Trump criou o decreto sobre a proibição de migração vinda de certos países, que são fábricas de novas identidades e passaportes.
Olavo de Carvalho Depois que o país consentiu em ser governado oito anos por um agente islâmico com documentos falsos, querer proteger as fronteiras é uma comédia, uma farsa abjeta.
*
Recordando: “Neurose é uma mentira esquecida na qual você ainda acredita.” (Juan Alfredo César Müller)
*
Depois que o país consentiu em ser governado oito anos por um agente islâmico com documentos falsos, querer proteger as fronteiras é uma comédia, uma farsa abjeta.
*
Enquanto não consentirem em estourar esse velho furúnculo que não têm sequer a coragem de ver, não creio que haja salvação para os americanos.
Fabio L. Leite Será falta de coragem ou de imaginação? O americano médio que eu converso não consegue aceitar a hipótese, mesmo com as provas, porque simplesmente para ele é inverossímil demais, não é algo que estejam acostumados a processar.
Olavo de Carvalho É. Infeliz o cu que depende de um cérebro rotineiro.
*
Mais degradante ainda é deixar que o homem que investigou e provou o crime — o xerife Joe Arpaio — seja punido em vez do criminoso.
Um dia as culpas acobertadas voltarão, como numa tragédia grega, para cobrar as velhas dívidas com juros pesadíssimos.
*
Toda neurose começa com a frase: “Não posso dar a impressão de que…”
*
O candidato a neurótico toma no cu quietinho para não dar a impressão de que tomou no cu.
*
Depois que o inimigo já tomou a presidência da República, é tarde para fechar as fronteiras. É como vestir uma cueca de aço em cima de um cu arrombado.
*
A Igreja instituiu a confissão porque sabia que as culpas escondidas cobram suas dívidas com juros que o pecador jamais poderá pagar. O pecador individual tem o privilégio de confessá-las discretamente a um sacerdote, mas as nações não têm remédio senão escancará-las diante da própria face.
Mauro Araújo Do Nascimento Professor, desculpe a ignorância, mas você não pode se confessar diretamente a Deus mediante oração?
Olavo de Carvalho Se, durante o exame de consciência, você admite suas culpas com a intenção de confessá-las, já está, em princ[pio, absolvido. O sacramento, como o próprio nome diz, sacramenta. Garante a absolvição já concedida.
*
Como o Obama cometeu o crime de “forgery” ANTES de assumir a presidência, um simples processo-crime num tribunal do interior bastaria para quebrar-lhe a espinha. Mas TODO juiz a quem se solicitou a abertura de semelhante processo se cagou de medo e pulou fora da raia. Um novo presidente na Casa Branca poderia dar aos juízes a garantia contra perseguições.
Léo Slz Será que o trump vai ter bolas pra isso?
Olavo de Carvalho Bolas ele tem. Falta entender a situação.
*
TODA a ciência política do mundo ensina o que o Trump deveria fazer. PRIMEIRO desarmar os inimigos e garantir o controle da máquina estatal, DEPOIS fazer as reformas. O homem está seguindo a ordem inversa.
*

Sonho realizado: assistir ao COF ao vivo na casa do Mestre! Ah… e ganhar autógrafo no livro depois!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s