17.6.2017

Não tenho religião nenhuma. É só nisto que eu creio:

Credo in unum Deum, Patrem omnipotentem, factorem caeli et terrae, visibilium omnium et invisibilium.
Et in unum Dominum Iesum Christum, Filium Dei unigenitum, et ex Patre natum ante omnia saecula. Deum de Deo, Lumen de Lumine, Deum verum de Deo vero, genitum non factum, consubstantialem Patri; per quem omnia facta sunt. Qui propter nos homines et propter nostram salutem descendit de caelis. Et incarnatus est de Spiritu Sancto ex Maria Virgine, et homo factus est. Crucifixus etiam pro nobis sub Pontio Pilato, passus et sepultus est, et resurrexit tertia die, secundum Scripturas, et ascendit in caelum, sedet ad dexteram Patris. Et iterum venturus est cum gloria, iudicare vivos et mortuos, cuius regni non erit finis. Et in Spiritum Sanctum, Dominum et vivificantem, qui ex Patre [Filioque] procedit. Qui cum Patre et Filio simul adoratur et conglorificatur: qui locutus est per prophetas. Et unam, sanctam, catholicam et apostolicam Ecclesiam. Confiteor unum baptisma in remissionem peccatorum. Et expecto resurrectionem mortuorum, et vitam venturi saeculi. Amen.

*

A coisa mais certa que aprendi no estudo das “religiões comparadas” é que elas não são comparáveis. Não são espécies do mesmo gênero. E o uso de um mesmo termo geral para designá-las a todas é apenas uma bolha-de-sabão verbal.

*

http://www.wnd.com/2017/06/jesuit-scholar-explains-why-islam-is-terroristic/

*

Se você é um intelectual universitário ou faz carreira na mídia, o sucesso do seu trabalho tem como resultado concreto e imediato a ascensão a postos de comando que lhe conferem o poder de dar ou tirar empregos, distribuir ou vetar verbas e honrarias, abrir ou fechar as portas da fama aos profissionais mais novos, autorizar ou bloquear a publicação dos escritos deles etc. etc. Tudo isso com as garantias trabalhistas asseguradas por lei e, portanto, a perspectiva de uma aposentadoria confortável e segura. Você deixa de funcionar como intelectual e se torna um “chefe”.
Se, ao contrário, você é apenas um escritor independente que vive da aprovação do seu público, o sucesso lhe garante apenas a satisfação presente e a consciência de ter de continuar matando leões, se possível cada vez maiores, para não deixar a bola cair. Estou feliz de ter escolhido esta última via. Ela me vacina automaticamente contra as tentações do carreirismo, do puxassaquismo funcional, do comodismo e da esclerose burocrática. E, sobretudo, ela me faz ver o acerto do conselho que na adolescência recebi do meu pai:
— Enquanto você for jovem, se possível não trabalhe, pois um dia você vai ficar velho e começar a achar o trabalho um prazer irresistível.

*

AVISO: Os que se inscreverem no curso “Política e cultura no Brasil” entre 19 e 24 deste mês receberão, além do conteúdo gravado, uma AULA EXTRA AO VIVO, em data a ser anunciada durante a fase das inscrições.

http://www.seminariodefilosofia.org/politica-e-cultura-pre-lancamento/

*

Falar em capitalismo liberal, a esta altura, é uma palhaçada:

https://www.wsj.com/articles/amazon-is-leading-techs-takeover-of-america-1497653164

*

Palavras de louvor são sempre bem-vindas, mas Deus, com certeza, de bom grado trocaria todas pela esmola dada a um pobre, pelo socorro estendido a um doente ou pelo afago consolador oferecido a uma criança que chora.

*

Disputas teológicas constituem-se de almas boníssimas dedicadas, de todo o coração, a matar e morrer pela veracidade ou falsidade de proposições que elas não sabem exatamente o que querem dizer.

*

E eles ainda dizem que são os outros que estão fodendo com o planeta:

https://milo.yiannopoulos.net/2017/06/ecosexuals-planet-earth/

*

Atenção:

http://yournewswire.com/putin-dump-banks-cryptocurrency/

*

http://www.wnd.com/2017/06/jesuit-scholar-explains-why-islam-is-terroristic/

*

No Cristianismo, ao contrário, quando Deus nos promete a vida eterna, Ele está dizendo: — Aqueles que Eu criei e que são Meus Eu não vou destruir NUNCA MAIS.

*

Uma observação que ainda devo explicar mais detalhadamente em aula: pelo menos na sua versão guénoniana, a doutrina hindu de um Supra-Ser Absoluto e Onipotente em face do qual toda realidade manifestada é ilusória e destinada a desaparecer como tal para reabsorver-se n’Ele é autocontraditória em grau máximo, pois que raio de Absoluto Onipotente é esse que nada mais pode fazer senão produzir ilusões, isto é, enganar-se a si mesmo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s