15.6.2017

*

https://www.infowars.com/the-truth-about-the-shooting-of-congressman-scalise/

*

https://www.infowars.com/muslims-celebrate-london-tower-fire-despite-many-of-the-victims-being-muslim/

*

Decidi reabrir as inscrições para o curso “Política e Cultura no Brasil”, que ministrei no ano passado. Não só alguns leitores nos pediram, mas também porque acredito que nesse curso ofereço os instrumentos necessários e indispensáveis para compreender o que está acontecendo no país.
Clique no link para mais informações.
Compartilhe

http://www.seminariodefilosofia.org/politica-e-cultura-pre-lancamento/

*

A recuperação da economia americana sob o governo Trump é tão patente, tão veloz, tão espetacular, que obviamente é ELA o motivo do ódio assassino que a elite globalista despeja sobre o presidente todos os dias e da maneira mais descarada. Trump não está sendo combatido por seus defeitos, crimes ou pecados, mas justamente pelos seus méritos.

*

A incitação ao homicídio é ostensiva, geral e incessante.

*

Os indícios de “conluio com os russos” e de “obstrução da justiça” são tão remotos e evanescentes, em contraste com as provas maciças e jamais contestadas dos crimes de Barack Hussein Obama. que o silêncio em torno destas, comparado ao barulho infernal em torno daqueles, só demonstra uma coisa: o sistema americano faliu por completo, o país está à mercê dos mais ferozes, descarados e inescrupulosos. O golpe de Estado e o assassinato político tornaram-se os meios de ação usuais e normativos da elite dominante. Não há outros.

*

A mídia inteira do Brasil não é mais que a sucursal do Partido Democrata americano em Vila Nhocunhé.

*

Tudo está preparado para proclamar que o assassinato do Trump, uma vez consumado, salvou a democracia.

*

“A política é um mecanismo destinado a impedir que as pessoas tomem parte naquilo que diretamente lhes concerne.”
(Paul Valéry)

19105687_10155350081032192_8385354035057248869_n

*

Se um lado está disposto a votar, e o outro a matar ou morrer, adivinhem quem vence.

*

Se um lado está disposto a votar, e o outro a matar ou morrer, adivinhem quem vence.

*

Por isso, antes de votar no Bolsonaro, avalie o quanto está disposto a arriscar para mantê-lo no cargo.

*

Lista parcial das ameaças ao Trump e ao Partido Republicano:

http://www.americanthinker.com/blog/2017/06/a_partial_list_of_threats_against_gop_and_trump_from_hollywood_celebrities_.html

*

Nenhum problema dura para sempre, mas alguns duram mais que a gente.

*

Séculos de cultura materialista nos ensinaram a enxergar o mundo material como realidade onipresente e decisiva, em cima da qual a imaginação humana constrói mundos espirituais de existência duvidosa, embora possível, sustentados apenas no desejo ou na “fé”. Essa tornou-se a visão espontânea e usual do homem moderno, incluindo aqueles que se consideram “religiosos”.
No entanto, é uma visão rigorosamente invertida da estrutura da realidade. Uma séria compreensão metafísica do problema leva-nos a entender que, NECESSARIAMENTE, as formas precedem e determinam a matéria, o invisível precede e determina o visível, o oculto precede e determina o manifestado, o latente precede e determina o patente.
A mim me parece ridículo todo ensino de “religião” que não venha antecedido dessa correção de perspectiva, não somente no pensamento, mas na percepção mesma das coisas.
Não faz o menor sentido acrescentar a uma percepção materialista do mundo um adorno sentimental chamado “fé”.

*

Nesse sentido, qualquer índio formado na cultura original da sua tribo e não afetado pela “civilização” é espiritualmente superior à maioria dos nossos “professores de teologia”, porque, quando ele fala de anjos e demônios, está falando de objetos de experiência, e não de “crença”. Ele sabe que o mundo invisível está presente, às vezes de maneira mais densa do que o visível.

*

Se tem uma piroca de rinoceronte no seu cu desde o seu nascimento e se destina a permanecer até à sua morte, é melhor você não se preocupar mais com ela e tratar de pensar em coisas factíveis.

*

Não há lenda mais idiota que a dos progressos da liberdade na democracia moderna. Um pouco de estudo da História social mostrará que havia mais liberdade sob as monarquias absolutas e mais ainda na época anterior a elas, o feudalismo. As liberdades não estavam consagradas na lei, mas existiam e se exerciam. Hoje estão consagradas na lei, mas quem pode exercê-las contra um poder abrangente, controlador de tudo, onipresente e invisível?

*

Se oferecessem a Luís XIV o projeto de uma máquina para ouvir as conversações dos seus súditos em casa, ele recuaria horrorizado, acreditando que era idéia do demônio.

*

Até na Rússia, no tempo do tzar, os prisioneiros políticos, no exílio siberiano, moravam em suas próprias casas, tinham o direito de ir e vir e levavam uma vida social normal.

*

Quem transformou as cidades em campos de batalha e o bombardeio de populações civis em prática usual de guerra não foi nenhum tirano da antiguidade: foram as democracias modernas.

*

Se Jó, em vez de cobrar de Deus uma explicação para os seus padecimentos, tivesse tratado de disfarçá-los mediante o artifício das desculpas piedosas que o seu próprio coração desmentiria, Deus teria tido mais amor por ele? A Bíblia sugere que não. Daí concluo que, do mesmo modo que confessamos a Deus os pecados que cometemos, temos de Lhe mostrar o nosso sofrimento sem qualquer maquiagem eufemística.

*

Tem neguinho que estuda até física de partículas e continua acreditando que a “matéria” é a substância do mundo. Que matéria, caralho?

*

Quando você discorda de mim, das duas uma: ou você estudou o assunto e me ensina alguma coisa, pelo que lhe serei muito grato: ou não estudou nada e está apenas repetindo, como se fosse novidade, alguma bobagem que já ouvi quarenta ou cinquenta anos atrás, à qual concederei apenas aquela quota de atenção que não negaria nem a uma barata.

*

Estou relendo, depois de quinze anos, a biografia de Napoleão por Jean Tulard, que é mais que uma biografia, um guia de estudos. A bibliografia citada sobe a mais de três mil títulos, o que segundo o autor não é grande coisa, pois o número de obras dedicadas ao assunto já havia passado de quarenta mil em 1977, data de publicação do seu livro.
Tudo isso sobre um só personagem da História.
Meçam então a miséria intelectual de um jornalista da Fôia que, diante de um assunto de envergadura e complexidade incomparavelmente maiores, como o é o comunismo internacional, acha mil títulos uma quantidade de leituras excessiva e inverossímil.
Qualquer opinião desse sujeito sobre qualquer coisa que seja VALE MERDA.

*

“Como encontrei muito pouca inteligência em torno, tive de usar a minha própria.”
(Paul Léautaud)

*

Eric Voegelin, inspirando-se em Weber, formula assim o critério fundamental para o julgamento de qualquer proposta política: Se você propõe expropriar os ricos para dar aos pobres, ou desarmar a população, ou abolir as fronteiras nacionais em nome da “paz mundial”, ou qualquer coisa parecida, você assume a responsabilidade pelas conseqüências más que possam advir das suas escolhas, ou, ao contrário, apega-se ao encanto que as suas idéias têm para você mesmo — e que não têm para outras pessoas — como desculpa antecipada para a sua inconseqüência e irresponsabilidade?

*

O fuzil MAS, invenção francesa de 1937, foi seguramente uma das melhores armas da II Guerra Mundial. Tenho um e asseguro que ainda hoje tem notável desempenho. Só que as greves das indústrias de armamentos, promovidas pelos comunistas, reduziram a sua produção ao mínimo. Os soldados foram para o front com fuzis obsoletos, incapazes de fazer face aos excelentes Mausers dos alemães, e naturalmente sifu. Mais que o pacifismo verbal da esquerda “moderada”, o boicote comunista foi a causa principal da derrota da França. Esse fato raramente é enfatizado pelos historiadores, e em geral não é nem mesmo mencionado. Similarmente, a ênfase no Pacto Ribentropp-Molotov, de 1939, serve para encobrir a colaboração secreta da URSS com os nazistas, que vinha desde muito antes, e que foi a origem imediata das greves, ordenadas desde Moscou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s