18.5.2017

Não conheço um só filósofo, ensaísta ou analista político americano que tenha a coragem de examinar criticamente os pressupostos da modernidade a fundo e impugná-los desde a raiz. Todos fazem uma concessãozinha aqui, outra ali, em parte por medo de parecer reacionários, em parte porque aqueles pressupostos se impregnaram tão profundamente no “senso comum”que contestá-los se tornou impensável, em parte porque a concepção mesma da democracia americana nasce da modernidade.
O inverso disso é o que se passa na direita francesa, cujo antimodernismo é, com freqüência, de ordem doutrinária e não hesita em condenar os mais óbvios benefícios da modernidade, como se exame crítico tivesse de ser necessariamente negação.
Quando o espírito polêmico predomina sobre a busca radical da verdade, sempre alguma fraqueza aparece.
Evidentemente isso acontece porque esses escritores estão ligados a algum grupo ou corrente e não se movem com total liberdade de pensamento.

*

CO pensamento filosófico e científico pode se permitir uma certa dose de incoerência, quando os fatos são complexos demais para reduzir-se a uma unidade doutrinária. Mas, para as ideologias, a coerência em bloco é TUDO, sob pena de condenação por heresia.

P. S. – A Reuters é uma agência comunista.

*

omo digo as coisas exatamente do modo que as percebo, sem me preocupar com saber a quem minhas conclusões vão favorecer ou desfavorecer, posso sempre ser acusado de heresias opostas e incompatíveis, conforme as minhas opiniões doam no calo desta ou daquela corrente ideológica, que em geral não tem nem mesmo a consciência de ser ideológica.

*

Num meio intelectual em que o pensamento ideológico é o mais alto ideal concebível, serei sempre um E.T., e cada um que se depare comigo buscará alívio da sua desconfortável estranheza dando-me o rótulo de alguma incomodidade a que esteja acostumado. Eis como posso me tornar, conforme as dores do freguês, sionista e islamita, reacionário e comunista, macumbeiro gnóstico e católico integrista, entre outras inumeráveis esquisitices.
Tudo isso é uma discussão de moscas e pernilongos que ansiosamente buscam saber que tipo de bicho é o tal de inseticida.

*

Por que o Pence é mais aceitável aos democratas do que o Trump? Porque uma vez ele já jogou todo o peso da sua influência para livrar da cadeia um famoso membro da elite pedófila. É um favor que não se esquece facilmente.

*

Se o Donald Trump tivesse estudado suficientemente o esquema de poder globalista nos EUA, suas primeiras medidas teriam sido de ordem policial, não econômico-administrativa.

*

Mexer com gangsters esperando que eles obedeçam elegantemente as regras do jogo é suicídio.

*

Acho que pessoas de mentalidade empresarial jamais entenderão isso.

*

20.000 assinaturas… and counting:

*

Essa conversa de impeachment do Trump é só o começo. Com impeachment ou sem impeachment, o caos está preparado, e vai eclodir a qualquer momento. O objetivo é total destruição da soberania americana. Nada mais, nada menos.

*

Expurgo às avessas. Trump, definitivamente, não é um guerreiro.

https://www.infowars.com/wh-head-of-personnel-to-purge-trump-supporters-from-staff-starting-may-22/

*

Até agora, os únicos políticos que COMPROVADAMENTE embolsaram dinheiro russo foram Hillary Clinton e John Podesta. Bom motivo para acusar o Trump exatamente disso. Trump será eternamente culpado de não ter punido o crime verdadeiro antes de ser acusado do falso.

*

Esta regra é INFALÍVEL: Todo político conservador que se omite de denunciar algum crime da esquerda será, mais dia menos dia, acusado desse mesmo crime.

*

Está cada vez mais claro que os americanos, como que seguindo o exemplo brasileiro, se tornaram um povo incapaz de governar-se a si mesmo. Desde que, só por medo de críticas mal intencionadas, aceitaram ser governados por um desconhecido com documentos falsos, abdicaram da sua soberania para sempre. Tudo indica que é tarde para voltar atrás, embora não custe continuar rezando para que isso aconteça.

*

Comparar a ferocidade dos inimigos do Trump com a passividade atônita dos seus eleitores é comprovar, uma vez mais, o caráter profético dos versos de William Butler Yeats:

Mere anarchy is loosed upon the world,
The blood-dimmed tide is loosed, and everywhere
The ceremony of innocence is drowned;
The best lack all conviction, while the worst
Are full of passionate intensity.

*

Rafael Mekaro O senhor não consegue uma entrevista com o Alex Jones para explicar o que é que está acontecendo nos EUA? Ele tem muito conhecimento dos globalistas, satanistas, mas bem pouco do movimento comunista, na verdade nenhum americano manja.
Olavo de Carvalho Simplesmente não posso fazer isso. Um Green Card é um favor do governo, que qualquer burocrata enfezado pode cancelar quando lhe der na telha.

*

A experiência, pelo visto, não ensina NADA. Mesmo nos meios ditos conservadores, todo mundo ainda tem uma tremenda dificuldade de imaginar que a gritaria unânime da grande mídia ocidental é antes garantia de falsidade que de veracidade. De fato, parece inverossímil que tantas entidades supostamente respeitáveis mintam juntas, em obediência a um projeto de poder e com total desprezo pelos fatos. Mas, como já ensinava Aristóteles, não é verossímil que tudo sempre se passe de maneira verossímil. Uma quota de absurdo é inerente à estrutura da realidade, e nada impede que, em certos momentos, ela domine o quadro todo.

*

Afinal, “onde Deus é excluído, a lei da organização criminal toma seu lugar, não importa se de forma descarada ou sutil” (Bento XVI).

*

Repito, aparentemente em vão: Não há NENHUMA prova, seja de que o Trump tenha entrado em conluio com os russos durante a campanha eleitoral, seja de que ele tenha revelado ilegalmente segredos de Estado ao embaixador Lavrov. No primeiro caso, há provas cabais EM CONTRÁRIO; no segundo, tudo o que há contra o acusado são dois depoimentos ANÔNIMOS, jamais apresentados à Justiça, só à mídia, e abertamente contraditados por uma testemunha direta presente aos fatos.

*

Se, diante das recentes revelações que comprovam a total ausência de governo no Brasil, os militares fizerem mais um pouco de cu-doce, o país morrerá de diabetes.

*

“Se vocês homens tivessem algo melhor do que a inteligência masculina, saberiam que as mulheres, quando falam, não querem dizer absolutamente nada. São os homens que levam conversa a sério.”
(Mrs. Beards, em “Light in August” de William Faulkner)

*

Três pontos deveriam ter sido as prioridades do governo Trump desde o primeiro dia: (1) Os documentos falsos do Obama; (2) O conluio DO OBAMA com a Rússia; (3) o Lolita Express. Tudo o mais poderia ficar para depois.

*

O establishment globalista não pode ser vencido. Só destruído.

Matheus Andrade Professor Olavo de Carvalho a única instituição que pode fazer isso é a Igreja Católica?
Olavo de Carvalho Sim, mas ela não quer.
Paulo Coutinho Professor, baseado na frase do Nietzsche a destruição do globalismo seria substituído pela volta das soberanias nacionais?
Olavo de Carvalho O que falta não é um programa, É disposição de agir, e sobretudo de agir impiedosamente.

*

A célebre lealdade bipartidária americana tem esta peculiaridade: Ela só vale quando é em favor dos democratas.

*

Os republicanos tiveram mil oportunidades de destruir a carreira do Obama, mas acharam que pegaria mal. Ainda me lembro dos luminares do conservadorismo recusando-se a tocar na questão dos documentos falsos e pontificando “Há maneiras mais eficazes de combater o Obama”. Um deles foi o Bill O’Reilly, que agora só tem como consolação passar Hipoglós no cu.

*

Por que, diante de mil crimes comprovados do Obama, a preocupação única dos conservadores foi “preservar a dignidade da Presidência”, quando para jogar essa dignidade no lixo basta uma leve aparência de delito do Donald Trump?

*

Não há nenhuma maneira delicada, indolor e diplomática de combater o establishment globalista, fingindo normalidade e evitando escândalos ainda que com sacrifício próprio. Ou é uma tempestade de escândalos, ou é o silêncio cúmplice.

*

“Par délicatesse j’ai perdu ma vie” é a história antecipada de todo o conservadorismo moderno, nos EUA ou em toda parte.

*

Falar manso e agir com brutalidade é uma fórmula que jamais falhou. E invertê-la foi sempre receita de suicídio.

*

A direita jamais aprendeu a lição do PT: é preciso destruir os inimigos ANTES de chegar à Presidência. Depois, é tarde demais.

*

Não esperem que o Bolsonaro, eleito, faça o que seus eleitores deveriam ter feito antes de votar nele.

*

Vencer uma eleição não é “conquistar o poder”. Ou é prova de que você já tem o poder, ou de que jamais chegará a tê-lo por mais lindo que seja o cargo para o qual foi eleito.

*

No fim da década de 90, o PT já não tinha adversários que oferecessem perigo. Levou trinta anos para afastá-los do caminho, e entregou a Presidência ao Lula como um trono dourado, não como uma privada explosiva.

*

Desculpem o mau jeito, mas num ponto Nietzsche tinha razão: os cristãos são frouxos. Crônica e irremediavelmente frouxos. Durante cinco séculos os muçulmanos foram invadindo país atrás de país, tomando meia Europa e chegando às portas de Roma com a intenção de derrubar o Papado. A cristandade reagiu com tentativas anárquicas de tomar UMA SÓ CIDADE — Jerusalém — e nem sequer chegou a pensar em invadir a Meca para acabar com o islamismo. Os cristãos de vários países assistiram de camarote à Revolução Francesa, não deram uma ajudinha sequer aos rebeldes católicos da Vendéia e só se juntaram depois, contra Napoleão, justamente o sujeito que, de boa ou má vontade, havia salvado da extinção o catolicismo francês. Na Guerra Civil Espanhola, não fizeram pelos combatentes católicos um milésimo do que a esquerda mundial fez pelos comunistas. Na II Guerra só conseguiram derrotar o nazismo deixando a maior parte do serviço para os comunistas, ante os quais depois se prosternaram vergonhosamente. 
Que gente é essa, meu Deus?

*

Cristãos valentes, que eu saiba, só houve em Portugal, na Espanha, na Hungria e na Polônia. No resto do mundo, uma multidão de boiolas.

*

A guerra interna contra a América não começou ontem:

http://dailycaller.com/2015/05/11/political-correctness-has-destroyed-the-armys-readiness-and-morale/

*

Conversa em família:
JACK: — Do you have a boob?
ROXANE: — I have two.

*

Se sofro uma ofensa pessoal, posso oferecer a outra face em vez de revidar. Mas ninguém no mundo tem o direito de oferecer a outra face de terceiros, de inocentes perseguidos e massacrados. Muito menos a outra face de povos inteiros, da nação ou da Igreja.

*

Os chefões do Partido Democrata começaram a botar panos quentes na conversa de “impeachment”, porque sabem que não tem base legal. Contrariando toda a mídia nacional, eu disse que não era para já. Mas o que quer que venha mais tarde será pior.

*

Estou começando a ficar de saco cheio de fazer certo e de graça o que os bam-bam-bams da mídia ganham um belo dinheiro para fazer errado.

Daniele Patroni Não desista professor! O senhor já conseguiu transformar muita coisa!! Agora seria ótimo se o Trump ouvisse teus conselhos!
Olavo de Carvalho Neste país sou apenas um hóspede. Tenho de ficar de bico fechado.

*

Minha vingança, aqui, é comer blocos inteiros de queijo Bleu d’Auvergne enquanto mando todo mundo tomar no cu.

A França tem 4 mil tipos de queijos. Só experimentei uns cento e vinte.

*

Dois romancistas populares ingleses ante os quais os pedantes empinam seus empoados narizinhos, mas que merecem respeito, são W. Somerset Maugham e A. J. Cronin. Não consigo deixar de gostar do que eles escrevem. Já nem digo nada de Charles Morgan, um gênio infinitamente superior aos seus críticos.

*

Você jamais lerá isto no Grobo nem na Fôia:
Toda a conversa sobre impeachment do Trump surgiu de uma reportagem do Washington Post sobre informações secretas supostamente vazadas pelo presidente ao embaixador russo. A informação vinha, segundo o jornal, de “um ex funcionário federal que é pessoa próxima de membros da alta administração”.
Com observou Daniel Greenfield, “isso é uma fonte anônima citando outras fontes anônimas. Isso não é jornalismo. É uma piada.”
Outro zunzum alegadamente impichável foi que o ex-diretor do FBI, James Comey, disse ter sido pressionado pelo presidente para parar as investigações sobre o general Michael T. Flynn. A acusação é realmente grave, mas acontece que, em 3 de maio, o mesmo Comey, falando no Congresso SOB JURAMENTO, afirmou que nada disso havia acontecido.
Eis portanto a totalidade dos motivos de impeachment apresentados até agora: uma piada e um perjúrio.
Entendem por que a liderança democrata, após atiçar a gritaria inicial, já mudou de idéia?

*

O maior crime do Trump: em quatro meses de administração, fez o desemprego nos EUA cair para o nível mais baixo dos últimos 28 anos. 
Quem pode aguentar um filho da puta desses?

*

NOTA QUE ESTÁ ROLANDO NAS REDES SOCIAIS:
Por Marie Asmar

O plano é o seguinte:

“Tirar Temer agora, convoca-se eleições diretas para que o Lula saia candidato antes de virar de ser condenado.
A JPS é do Lula ,esses dois irmãos nada mais são do que laranja na rede de empresas.
Esse jornalista da Globo é assumidamente petista, é só entrar nas redes sociais do cara e ver as suas publicações.
Tudo acontecendo muito rápido!
A notícia foi divulgada às 19:30 de ontem pela Globo News, às 20:00 horas de ontem mesmo ,já tinha dois deputados da oposição com dois pedidos de Impeachment protocolados,sem ninguém escutar os audios da delação dos irmãos.
Os vermelhos já estavam à postos na frente do Palácio Presidencial e na Avenida Paulista.
A Globo News divulgando sem cessar o Impeachment certo do Temer.
Isso não cheira armação para vocês?
Um dos irmãos delatores literalmente “se picou” para Nova York com o aval da polícia responsável pelo acordo de delação, gravação , imagens , filmes e notas de dinheiro marcadas , detalhe os irmãos podem sair do Brasil sem tornozeleira eletrônica e pedir asilo político para os Estados Unidos,onde nos últimos dois anos a empresa abriu mais
de 50 frigoríficos.
Essa JBS abriu em 2007 no governo Lula, foi a empresa que mais recebeu dinheiro do BNDS ,cedido pelo Mantega, hoje essa JBS é a maior empresa alimentícia de Brasil em apenas 10 anos.
Essa empresa comprou a maioria dos frigoríficos tradicionais do Brasil e o Brasil virou um monopólio na área de frigoríficos.
O carinha foi visto saindo do seu apartamento em Nova York com a mulher e várias malas cheias(sabe lá o que tinha nas malas), esse depoimento é do porteiro do prédio em Nova York.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s