13.5.2017

*

Sempre fui tão modesto nas minhas expectativas, que cada mulher que me deu me parecia uma santinha no céu.

*

Uma das melhores comidas do mundo: feijão preto, arroz, bacon picadinho e torresmo moído em lugar da farofa. É bão demais.

*

Daqui a três minutos é o centenário daquele que foi o mais importante acontecimento da História desde o Advento de Nosso Senhor Jesus Cristo. A profundidade, a abrangência e a claridade infinita daquilo que as três crianças viram em Fátima iluminam o processo histórico de tal maneira que tudo o mais que pensamos a respeito são somente sombras.

*

Ave, Maria. Imploramos que a Senhora rogue a Deus que não deixe a humanidade esquecer aquilo que a Senhora lhe ensinou naquele dia.

*

Alguns trechos das minhas aulas nos quais aludi aos milagres de Fátima, coligidos pelo Arthur Silva:

Roxane Carvalho

Obrigada pela lembrança, Arthur Silva!

Hoje é o dia apropriado para recordar que:

“O milagre de Fátima é o acontecimento central da história do século XX.”
(Olavo de Carvalho, Aula 42, COF)

“Eu estou persuadido de que o Milagre de Fátima é o acontecimento central do século XX, mas ele certamente não entra na cultura moderna. Então quem está enganado? Nossa Senhora de Fátima ou a cultura moderna? Eu acho que um dos dois tem de ter razão; e os dois não a podem ter ao mesmo tempo.” (Olavo de Carvalho, Aula 121, COF)

“Quando Nossa Senhora, em Fátima, 1917, falou que a Rússia iria espalhar os seus erros pelo mundo, Ela não estava se referindo somente ao comunismo. Ela disse: os erros da Rússia. O comunismo foi a primeira etapa, e agora inventaram um outro, ainda pior. Sobre os escombros da sociedade comunista, os mesmos autores, criadores e mantenedores do comunismo, querem construir um outro império, ainda maior, e em escala mundial. Mas o que eles têm para oferecer? A própria corrupção e miséria da Rússia.” (Olavo de Carvalho, Apêndice ao livro Jardim das Aflições)

“Não há um milagre de Fátima, mas uma sucessão incrível de milagres”.
(Olavo de Carvalho, Aula 041, COF)

“O milagre de Fátima é fundamental para a ciência política contemporânea porque, como ele fala da previsão da guerra, ele é um dado da análise. Ele não pode ser desprezado como uma crença subjetiva”. (Olavo de Carvalho, Aula 111, COF)

“Não esqueça que, na própria profecia de Fátima, a primeira coisa que Nossa Senhora faz é abrir o inferno para mostrá-lo às crianças. Ou seja, antes mesmo de fazer a profecia, ela já mostra como é o inferno.” (Olavo de Carvalho, Aula 148, COF)

*

Se os pais fossem culpados dos erros dos filhos, teríamos de remontar a Adão cada vez que um menino peida na mesa do jantar.

Mônica Camatti Professor, o que o senhor pondera sobre a Análise do Destino de Leopold Szondi e o conceito de inconsciente familiar?
Olavo de Carvalho É cem por cento verdadeiro.

*

O ingresso forçado de imigrantes é OBVIAMENTE um genocídio cultural — a mais clara expressão do racismo antes da matança pura e simples:

https://www.infowars.com/study-majority-of-americans-believe-u-s-losing-its-culture-and-identity/

*

O presidente Donald Trump mandou iniciar a preparação da defesa da rede elétrica americana contra um possível ataque por EMP — uma precaução elementar que o Obama, com intenções óbvias, vetou e boicotou durante oito anos.

*

Escrevi logo abaixo: “O que as crianças pequenas perdoam aos adultos bastará para levá-las ao céu um dia.”
Esclareço: Meus pais eram bons e gentis, mas, observando as famílias da vizinhança, sempre me impressionou, desde a infância, a capacidade que as crianças têm de continuar amando pais e mães que as oprimem e maltratam. A revolta vingativa dos adolescentes é apenas um fenômeno datado e de superfície, se comparado à universal e renitente compaixão das crianças pequenas. Acho mesmo que, se não fosse esse fator, a humanidade já teria acabado.

*

A satisfação e o orgulho que muitos pais e mães sentem em castigar as crianças — algo que normalmente só se deveria fazer a contragosto e com atenta moderação — mostram que o amor pelos filhos é uma coisa rara neste mundo.

*

Acho que o cristianismo ainda não entrou nos corações da maioria dos cristãos, exceto como pretexto para atormentar o próximo.

*

Se Cristo morreu na Cruz e, decorridos dois milênios, ainda não mandou meio mundo para o inferno, é óbvio que Ele não está com nem um pouquinho de pressa de fazer isso. E a Mãe d’Ele vive chorando de pensar que um dia Ele vai ter de fazê-lo.

*

Rodrigo Gurgel

Longuíssimo artigo, bem escrito, que pretende atualizar diversas linhas de estudo a respeito das aparições de Fátima. E quando você chega ao final, depois de ler dezenas de ideias, algumas inócuas, é impossível não sorrir diante do resultado de tantos estudos e suposições: a perplexidade triunfa. A perplexidade diante do amor de Deus para conosco. A perplexidade diante do amor de Nossa Senhora, que escolhe alertar o mundo, proclamar a verdade, a três pequeninos. Como disse o meu caríssimo Olavo de Carvalho, “Fátima foi o mais importante acontecimento da História desde o Advento de Nosso Senhor Jesus Cristo. A profundidade, a abrangência e a claridade infinita daquilo que as três crianças viram em Fátima iluminam o processo histórico de tal maneira que tudo o mais que pensamos a respeito são somente sombras”.
https://www.publico.pt/…/not…/fatima-cem-anos-depois-1761166

Rodrigo Gurgel Fraternal abraço, Olavo. Que Nossa Senhora sempre proteja você, meu amigo.
Olavo de Carvalho A você também, mermão.

*

No extraordinário romance de William Faulkner, “Light in August”, o personagem de “Uncle Doc”, que lê Bíblia o dia inteiro mas tem o coração cheio de ódio moralizante, é um resumo perfeito do monstrinho em que a ilusão de ser um agente da Vontade divina pode transformar um ser humano.
Conheço umas boas dúzias de tipos como ele.

Não vou citar nomes porque todo mundo os conhece.

*

Os carinhas me atribuem tudo quanto é vício, crime e pecado, e eu o máximo que faço é botar neles uns apelidos sacanas, quase sempre obtendo, com tão comedida reação, melhores resultados do que eles.
O episódio de Pernambuco ilustra, uma vez mais, que colocar força demais no ataque é uma maneira quase infalível de se foder.
Jamais esquecerei a história do Michel Veber, do instrutor japonês de artes marciais que ensinava os alunos a lutar com FEROCIDADE — e invariavelmente dava tudo errado até que eles entenderam que ele queria dizer apenas “velocidade”.

Marcio Stockler Excelente a história do Veber, kkkkkk. Mas a ferocidade parece que funciona às vezes também, não? O Mike Tyson conta que entrava no ringue com vontade de matar, obliterar o adversário.
Olavo de Carvalho É pose. Na verdade ele passava meses estudando os vídeos das lutas dos seus adversários. Entrava no ringue sabendo de tudo e agia com tremenda racionalidade.

*

Se os meus detratores querem realmente me fazer algum mal, é melhor começarem a me elogiar um pouquinho, porque exageraram de tal modo os meus defeitos que a coisa ultrapassou toda medida de verossimilhança concebível e virou palhaçada.

*

O Bigmac está muito velho, já passou do prazo de duração média da raça, e mais dia menos dia terei de comprar outro Mastiff, pois não há cachorro melhor no mundo. Mas desde já aviso e juro: Quem ensinar a ele aquele maldito negócio de “dar a patinha”, eu mato. Quando o cachorro põe a pata em você, ele pensa que é seu dono. Não venham botar idéias subversivas na cabeça do bichinho, por favor.

*

Não é por nada não, mas acho que o Arruinardo deveria mudar o mote de despedida dele para:
— Hashtag, pronto, tomei.

Olavo de Carvalho Nada do que eu diga do Arruinardo lhe fará mais mal do que ele faz a si mesmo.

*

Levei setenta anos para entender o óbvio. Doravante, só aceito pito cristão de quem se ofereça para se foder no meu lugar.

*

Quando jovem, um dos meus maiores prazeres era arrumar alguma namoradinha numa cidade onde ninguém me conhecesse, levá-la para algum lugar romântico bem longe de tudo e nunca contar nada para ninguém.
Até meu namoro com a Roxane ficou secreto por quase dois anos.
A coisa mais broxante do mundo é o olhar dos curiosos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s