Paulo Coutinho

Paulo Coutinho

“Como a falta da Alta Cultura não faz nada além de repetir histórias, e dissolver a capacidade de raciocínio e sensibilidade da população?

Acredito que tenha uma simples reposta para essa pergunta através da série “Os dias eram assim”, da Globo. É a mesma história há 50 anos, reparem. Ditadura, “Anos de Chumbo”, Tortura, e blá-blá-blá.

Então, por que a história é sempre a mesma? Certamente daqui a 50 anos uma outra geração repetirá essa mesma ladainha. Por que não falam de outros assuntos? É só porque não querem, ou realmente não têm cultura nem conhecimento (estudo) para abordar outros temas? Não é nem porque são pessoas com pensamentos divergentes ao meu. Por anos simplesmente desprezei o conhecimento.

Por que não existe uma série, por exemplo, explicando à fundo como em 1981, ano que nasci, tínhamos próximo a 8 mil homicídios anuais, e agora, passados 36 anos, temos 8x mais, beirando os 70 mil? A população sequer duplicou. E isso em pleno Estatuto do Desarmamento, vale lembrar.

Por que não existe uma peça de teatro explicando onde o respeito sumiu ao ponto de um aluno ameaçar, agredir, e até matar o professor? E olha que aprontei muito!

Por que não temos um livro explicando como a Revolução Sexual da década de 60 hoje é responsável por meninas de 13 anos engravidando, milhares de abortos anuais, e proliferação de DSTs? É um movimento cíclico!

Por que não temos uma reportagem séria explicando como o brasileiro se tornou insensível ao ponto de ver uma pessoa sendo agredida e, contrariamente à ajudar, saca um telefone para filmar e publicar no Facebook? Não consigo explicação para tal sadismo, e daria uma coça caso presenciasse algo assim!

Para mudar e curar realmente o país, devemos antes tratar da ojeriza ao conhecimento. Tomar amor pelo estudo. É difícil e leva tempo, mas é necessário começar esse trabalho o quanto antes – que com o tempo vira uma paixão. Enquanto incapazes estiverem com as rédeas em mãos, nosso Brasil sempre será o “País do Futuro”, que nada faz além de repetir histórias. Precisamos formar geração de pessoas capazes que realmente façam a diferença para mudar. Leva tempo. Bastante! “É urgente ter paciência.”

Aprendi e descobri a importância disso com o COF, acredito.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s