Se aproxima de Deus

O ser humano se aproxima de Deus de duas maneiras: através da ASCESE, que é um esforço próprio, e da MÍSTICA, quando, superada a ascese, passa a ser dirigido pelo Espírito Santo em pessoa. Nada impede que Deus mergulhe alguém em plena mística sem que este tenha passado pela ascese. O que é um absurdo e uma blasfêmia é julgar que essa exceção raríssima — atribuída, por isso, à ação EXTRAORDINÁRIA do Espírito Santo para distingui-la da ação ORDINÁRIA — seja um direito ou um fenômeno geral e universal. Ora, o esforço de elevar-se à alta cultura, portanto à máxima perfeição possível da autoconsciência, é a parte MAIS NOBRE E A MAIS INDISPENSÁVEL da ascese, como meio essencial de transcender o mundo das sensações e elevar-se à contemplação das realidades imateriais. Nesse sentido, NINGUÉM tem o direito de esperar ou de sugerir, mesmo indiretamente e sutilmente, que o aperfeiçoamento intelectual é desnecessário à salvação, ou, mais ainda, à santidade. Só o próprio Deus tem o direito de tornar esse esforço desnecessário, e Ele faz isso muito raramente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s