1/4/2017

*

17626687_1832490070351457_6526783999491330697_n

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2017/04/1871719-conferencia-nos-eua-tera-debate-entre-eduardo-suplicy-e-olavo-de-carvalho.shtml

*

No meu modesto entender, um jovem que não tem o menor sentimento de dívida para com seus antepassados e para com a sociedade que lhe deu tudo o que ele possui só deve ter um único direito: o de ser submetido a um regime de trabalhos forçados até deixar de ser besta. No fundo, é por isso que esses moleques gostam de Cuba: porque lá eles teriam exatamente esse destino. Quando assumem ares de protesto “enragé”, é tudo fingimento, tudo teatro: no fundo, percebam ou não, estão mesmo é clamando pelo merecido castigo.

*

No tempo dos militares, havia o problema dos “excedentes”, estudantes que passavam no vestibular mas que não tinham vagas nas universidades. Eles protestavam, esbravejavam, quebravam vidraças. O governo, a famigerada ditadura, em vez de mandar cada um desses vagabundos cortar cana, como o teria feito o velho Fidel Castro, abriu uma universidade de merda em cada esquina para contentá-los. Deu no que deu.

*

Agora eles querem maconha e camisinhas de graça.

*

Deus castiga aqueles que O amam, para que não se percam. O governo democrático premia aqueles que o odeiam, para que se corrompam de vez.

*

A democracia é o mais tolerável dos regimes, mas nem por isso deixa de ser nojenta. A principal ocupação do governante democrático é tapear mediante afagos e lisonjas o eleitorado que ele despreza.

*

F. M. Dostoiéksky era um revolucionário, um “enragé”. Só viu a luz e se tornou um gênio quando o governo tzarista o mandou para a cadeia. Se em vez disso tivesse recebido uma bolsa de estudos em Oxford, seria mais um tagarela acadêmico, um “enragé” de luxo.

*

Se o sujeito implora por uma piroca estatal e não a recebe, ele próprio acaba se transformando em piroca estatal no cu de quem não a deseja.

*

Se o Michael Moore fosse chinês, já teria levado uma fumeta inesquecível e se transformado no mais pacato dos cidadãos.

*

Não sei se é reconfortante ou deprimente ler, no livro de Bérénice Levet que acaba de ser publicado pela Stock, Paris (“Le Crépuscule des Idoles Progressistes”), estas linhas que parecem extraídas do meu artigo de 1998, “O Imbecil Juvenil”:
“Não há idade mais conformista do que a adolescência. A juventude é gregária, e horrível o temor da marginalização.”

Ana Pualla C. Lins De Aragão Ela colocou (Carvalho, 1998)???
Se não colocou ela é uma plagiadora! Estelionatária Intelectual!!!!!
Olavo de Carvalho Com certeza ela NÃO leu o meu artigo. É perfeitamente normal que uma verdade óbvia, embora negada pela cultura vigente, acabe ocorrendo a dois observadores.

*

O Julian Assange, desprezado pelo establishment, marginalizado e exilado, tornou-se o último baluarte da verdade, o último abrigo da sanidade no hospício político e midiático americano. Sem os documentos que ele haqueia e divulga, ninguém saberia de PORRA NENHUMA. A nação inteira estaria perdida no meio de um oceano de mentiras e cretinices. Graças a ele, os jornalistas honestos sempre acabam descobrindo o que queriam saber.
Falta um Julian Assange no Brasil.

Paulo Coutinho Temos o senhor, professor! Não invade sistemas, mas fodeu a porra toda!
Olavo de Carvalho Sim, mas o pouco que descobri deu um trabalho filho da puta.

*

Explicando, desenhando e explicando o desenho:

O nome do orador é Roy Beck.

*

Quando chega algum cidadão aqui dizendo que quer “ajudar o Olavo”, já encosto preventivamente o meu cu na parede. Ou você vem para AJUDAR O BRASIL, ou já vem com a idéia errada, querendo, do alto dos seus vinte, trinta ou quarenta aninhos, paternalizar um véio de setenta que chegou aonde chegou — e fez o que fez — SEM A AJUDA DE NINGUÉM.
O Brasil precisa de ajuda. Eu, não.

*

Brasileiro acha que ajuda quando empresta o pinto para você sentar em cima.

*

Não entendo por que o Facebook, em vez de cobrir as nossas mensagens com esses malditos quadradinhos que ficam pipocando à esquerda da página, não os encosta no lado direito, que é uma área morta. Quanto mais a tecnologia avança, mais a inteligência retrocede.

*

Quando aparecer algum analfabeto funcional dando lições de doutrina bíblica e alegando que Deus dá aos humildes o que sonega aos sábios, pergunte-lhe se o Todo-Poderoso, ao conceder aos coitadinhos o entendimento da doutrina sagrada, lhes sonega ao mesmo tempo o conhecimento da língua pátria.

Paula Felix Professor, a santidade passa pelo domínio do idioma?
Olavo de Carvalho Paula Felix Teoricamente, e em abstrato, não. Mas não se sabe de ninguém que tenha chegado à santidade sem compreender muito bem as palavras que lê e que ouve.

*

O filósofo Jacob Boehme, que era sapateiro e nunca estudou coisa nenhuma, depois que recebeu a visita do anjo acordou sabendo até os nomes gregos e latinos das plantas e animais.

*

O Espírito Santo não deu aos apóstolos o dom das línguas? Deu. Só o da língua deles mesmos é que não?

*

Não estão Isaías, Salomão, David, os evangelistas e S. Paulo Apóstolo entre os maiores escritores da humanidade?

*

Se a revelação fosse transmitida na língua do Lula, já a teríamos esquecido faz tempo.

*

A mais alta nobreza do idioma é obrigação indispensável do orador sacro.

*

A vida é dura.

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2017/04/1871719-conferencia-nos-eua-tera-debate-entre-eduardo-suplicy-e-olavo-de-carvalho.shtml

*

Os franceses é que estão certos. Ele dizem tudo quanto é palavrão, mas se você os acusa de um erro de gramática eles o estrangulam na hora.

*

Aviso reconfortante: Não vou ter debate nenhum com o Eduardo Suplicy. Estaremos apenas na mesma mesa, dando cada um sua mensagem.

*

Fora Santos!

https://www.facebook.com/thaniavegap/videos/1328426363911842/?autoplay_reason=user_settings&video_container_type=0&video_creator_product_type=0&app_id=6628568379&live_video_guests=0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s