31/03/2017

A pior cagada estilística é colocar entre aspas os termos de gíria ou as alusões piadísticas. Ou essas coisas se integram naturalmente no discurso culto, com o efeito humorístico decorrente dessa mesma naturalidade, ou é melhor não escrevê-las.

Paulo Coutinho Tudo hoje vem entre aspas. As pessoas fazem questão de fazer o gesto ao falar algo. Existe alguma explicação? É medo de ser rotulado?
Olavo de Carvalho É ignorância dos recursos do idioma.’

*

Um escritor sério deve fazer piadas como Buster Keaton ou Raul Solnado: com a cara neutra de quem não está fazendo nada de mais.

*

http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/como-o-socialismo-arruinou-meu-pais/

*

A prova de que Kant não era gay é que ele nunca viu a coisa-em-si.

*

Contribuição do Danilo Pedrosa : A longa lista das FALSAS DENÚNCIAS de “crimes de ódio” nos EUA. O número de denúncias comprovadamente falsas ultrapassa o dos autênticos crimes de ódio e mostra que a legislação a respeito só serviu para criar uma epidemia de calúnias.

http://www.fakehatecrimes.org/reports

*

Um político tem de ser sincero, mas não impulsivo. Cada palavra que ele diz tem de ser calculada como uma obra de engenharia — não para enganar o eleitorado, mas prender antecipadamente os maliciosos numa armadilha fatal. O Ronald Reagan era um artista nisso.

*

Quem grita é a presa ensangüentada. O predador fica em silêncio, porque está com a boca cheia.

*

Quando neguim vem com boiolice, a única resposta possível é:
— Seja coerente. Dê o cu.

*

Luciano Aymeuânus ataca de novo:

Rodolpho Loreto sentindo-se irritado

Luciano Ayan é realmente um moleque. Um mau-caráter em toda linha. O professor Olavo de Carvalho deixou claro que NÃO APOIA A CANDIDATURA CIRO GOMES, apesar de reconhecer algum mérito intelectual na questão globalista, e esse pulha safado insiste em querer arruinar a reputação do professor alegando que este apóia Ciro Gomes.

É o rebotalho mais abjeto que se possa pensar

*

Teriam os antropóides evoluído para o estado humano atual escolhendo sempre as fêmeas menos peludinhas para ter nenês carecas?

*

17523072_10155105109357192_1918834884670421876_n

O Brasil foi meticulosamente planejado pelo capeta para que aí todas as vidas dêem errado, exceto as que não merecem dar certo.

*

Não tenho nada contra os gays, mas acho obsceno que eles exijam direitos especiais num país onde ninguém tem direito nenhum.

*

Num país cujos habitantes não têm nem o direito de se defender nem o de ser defendidos, o Art. 1 da Constituição é, na verdade, “Fodam-se”.

*

Anos atrás já demonstrei que a distinção entre direito e garantia é só uma bela sacanagem. Ou o direito É uma garantia, ou é somente um direito hipotético, tão bom quanto saúde hipotética, dinheiro hipotético ou buceta hipotética.

*

Oh, é claro, é claro: a ditadura Maduro é só mais um desvio acidental — o milésimo — que não compromete em nada a beleza sublime do ideal socialista, não é mesmo?

*

A coisa mais linda do mundo é que a teoria que pretendeu expor as leis invariáveis do processo histórico tenha de sempre explicar a sua própria história por uma sucessão incrível de curiosas coincidências.

*

Só acredito nestas três leis do processo histórico:
1. A difusão dos fatos produz novos fatos.
2. À medida que a difusão aumenta, os fatos se precipitam em velocidade alucinante, até o ponto em que ninguém mais consegue acompanhá-los.
3. A ignorância, a loucura e a confusão crescem na razão direta da quantidade de conhecimento disponível.

*

Também é lindo que a teoria segundo a qual os ideais são somente projeções de forças materiais pretenda que o seu próprio ideal permaneça inocente dos crimes cometidos pela sua força material.

*

As pessoas não acreditam na mentira porque estejam enganadas, mas porque gostam da mentira.

A mentira é o mais sublime dos poderes humanos: num relance, torna você superior ao conjunto da realidade.

Paulo Coutinho Professor, viver da mentira é defesa, loucura, frustração, ou pode ser as três coisas?
Olavo de Carvalho É um tesão indescritível, a julgar pelo número dos que gostam disso.

*

Pense bem: O que é melhor para o seu conforto espiritual: Sair contando que comeu as mulheres mais gostosas do mundo ou confessar que lhe passaram a mão na bunda e você ainda não comeu ninguém?

*

Vamos e venhamos: Depois que o sujeito foi enrabado, ele TEM de dizer que é bom, não é mesmo?

Vão-se as pregas, mas fique o orgulho.

*

Ao longo dos séculos, os judeus tiveram a sua reputação horrivelmente manchada por meia dúzia de filhos da puta nos quais a massa enxergava, injusta mas irresistivelmente, a imagem de todos eles (esquivando-se, mui compreensivelmente, de submeter a sua própria comunidade a idêntica redução). Cada época teve algum George Soros, mas nenhum deles foi para os cárceres e os campos de concentração. Alfaiates, relojoeiros, vendedores de sapatos e fabricantes de brinquedos pagaram por crimes dos quais nada sabiam.

*

Por definição, é mais fácil estereotipar a comunidade menor do que a maior. Há mais piadas de gaúchos e portugueses do que de brasileiros em geral. O problema é quando a estereotipagem inventa crimes em vez de piadas.

*

Quem não consegue interpretar uma obra de literatura corretamente não conseguirá jamais entender os fatos da história e da sociedade, ou mesmo os da sua própria vida. A cultura literária é a condição mais básica do entendimento. Mas estou com o saco cheio de ver pessoas que não sabem ler “Batatinha quando nasce” interpretando nada menos que a Bíblia.

*

Estudar muita matemática desenvolve tremendamente a capacidade de raciocinar sobre o que não existe.

*

Edmund Husserl começou a vida estudando matemática. Parou quando descobriu que saber o que era um número era a coisa mais difícil do mundo.

*

Hoje temos máquinas capazes de fazer cálculos muito superiores à nossa capacidade. Mas não inventaram máquina nenhuma que seja capaz de entender um soneto de Shakespeare.

*

Só um idiota perfeito confunde capacidade de raciocínio com capacidade de compreensão.

*

Existem retardados mentais que são calculadores-prodígio. Nenhum deles é um entendedor-prodígio.

*

Por isso é que tenho impulsos assassinos cada vez que alguém diz que filosofia é “ensinar a pensar”.

*

A “inteligência artifiicial” nunca passará de uma caricatura grotesca da consciência humana; tanto mais grotesca quanto mais super-eficiente em tarefas pré-programadas.
Isso só deixará de ser assim quando inventarem um computador capaz de responsabilidade civil, penal e moral, bem como de salvação e danação eternas.

*

Não tive interlocutores até perto dos cinquenta anos de idade. Cresci num ambiente desprovido de qualquer estímulo intelectual, o que me obrigou a criar reservas de paciência para ouvir opiniões idiotas com algum interesse e sem fazer cara de desprezo.

*

Todos os meus “debatedores” se beneficiam disso até hoje, imaginando, os coitadinhos, que a atenção que recebem é merecida.

*

Nenhuma opinião é tão idiota que seu autor não mereça ao menos ser avisado disso.

*

Quem acha que a diferença entre um computador e um ser humano são os “sentimentos” acredita que pintos e bucetas são sentimentos.

*

Neste país cada analfabeto funcional acha que tem direito à sabedoria infusa.

*

 

Qualquer sinal de respeito à CNBB, por mínimo, discreto e disfarçado que seja, é uma ofensa a Nosso Senhor Jesus Cristo.

http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/03/opiniao/549609-a-quaresma-paga-da-cnbb.html

*

Acreditarei que os computadores se nivelaram à humanidade quando um cientista conseguir produzir um deles pelos métodos usuais da procriação humana.

*

Incrível. A irmã mais velha de T. S. Eliot, quando ele era ainda muito jovem, percebeu claramente o procedimento poético que seria sempre o dele: “Você pensa o ritmo antes das palavras”.

*

Lá pelos dezoito anos, cometi uma tradução muito meticulosa da “Canção de Amor de J. Alfred Prufrock”, que perdi para sempre, e me lembro nitidamente de que só consegui fazê-la imitando primeiro o ritmo e depois encontrando as palavras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s