Juliana Camargo Rodrigues

Aqui, dois dos aspectos que vi no COF de Olavo de Carvalho que me ajudaram muito. O primeiro é que o Professor é bastante coerente em termos de filosofia e em termos de personalidade no quesito abertismo. Se ele fosse todo cheio de chorumelas e falasse só a católicos ou mesmo somente a cristãos ou crentes de qualquer natureza, por exemplo, eu não teria conseguido me converter e nem compreender certas coisas. O começo do COF coincidiu com um período difícil da minha vida(alguns entenderão se eu falar no retorno de Saturno, que foi puxadinho). O COF teve, para mim, um teor psicoterapêutico muito forte, embora não tenha ficado por aí. Sei que este não é o objetivo do curso. Comecei o curso sem a menor intenção de deixar minhas convicções anti-religiosas, mas fui mudando pouco a pouco. Um dos principais fatores que me fisgaram foi o apelo à razão: a moral cristã é MENOS EXIGENTE do que a moral da opinião pública(de natureza burguesa), cujo tribunal é cruel. E eu tinha tantas auto-acusações que mal conseguia respirar o ar de chumbo paulistano. Este foi um apelo à minha razão, porque esta compreensão tornou as coisas mais fáceis para mim. Mesmo não considerando ainda uma conversão na altura.

O que ele ensina no COF sob este aspecto é perfeitamente verificável na personalidade dele, pessoalmente, aquela coisa que a gente apreende por presença. O olhar mais doce do mundo foi o que encontrei, mesmo quando não tínhamos trocado palavra. Isto me bastou para saber que tipo de pessoa estava ali diante de mim. Eu não sou uma pessoa com a mesma capacidade de acolhimento que ele. A personalidade dele é assim. Eu sou diferente, embora queira aprender e mudar, o primeiro impacto que posso provocar nas pessoas é de uma pessoa arrogante. Queria que não fosse assim, mas é. O COF não somente foi uma proposta intelectual para mim. Quem me conhece sabe o tanto que minha vida mudou a partir dele. Mesmo que em momentos eu ponha em causa a minha vocação intelectual(que está debaixo do nariz, mas faço-o ainda), as mudanças – que são necessárias para a continuidade da minha vida – são alicerces para o período mais importante. Período em que os frutos devem aparecer.

Façam as correções de rota que precisam de ser feitas em paralelo com a vida intelectual, ou sua personalidade será uma falsificação. A verdade não lhe aparecerá se a mudança interior e exterior for somente a do esmalte da moda. É preciso ir além. A resposta não estará no facebook.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s