16/1/2017

*

O comodismo conservador é tão obsceno quanto o fanatismo esquerdista.

*

 

“Os piores inimigos da Igreja são os seus próprios traidores.” (Pio XI)

*

http://www.wnd.com/2017/01/rabbis-vision-heaven-will-help-trump/

*

Um analfabeto funcional é um cristãozinho que, vendo-me traduzir “Allah” por “Deus” numa citação do Corão — pois é esse o sentido do texto — se encrespa todo, dizendo que Deus com maiúscula é só um. É como achar que, falando de Napoleão Bonaparte a respeito de “Guerra e Paz”, é obrigatório dizer sempre “o personagem ficcional Napoleão Bonaparte”.

Júlio César Coutinho Fernandes Sperber Quem escreveu comprou a ideia dos seus inimigos de que você é muçulmano.
Olavo de Carvalho Sem dúvida. É um malicioso filho da puta que dá ouvidos a outros maliciosos filhos da puta.

*

O sujeito que confunde os dogmas da sua fé com as regras da gramática tem o direito de permanecer calado, pois tudo o que disser pode ser usado contra ambas essas coisas.

*

Toda “minoria oprimida” começa mendigando direitos e termina exigindo e impondo um PODER. Transita da choradeira à prepotência e da prepotência à brutalidade assassina com a cara mais bisonha do mundo, como se intimidar, agredir e matar fossem coisas tão inocentes quanto querer um lugar no ônibus.

*

À medida que vai se empoderando, o sujeito sai logo enfoderando todo mundo em torno.

*

 

 

O Brennan é empregadinho da Arábia Saudita:

http://www.infowars.com/trump-asks-twitter-followers-if-outgoing-cia-boss-john-brennan-was-behind-russian-dirty-dossier-leak/

*

 

A coisa mais linda do mundo é quando noto a impossibilidade de dialogar com um analfabeto funcional e ele responde:
— Você só usa “ad hominem”.

*

Agradeço ao Rodrigo T. Aragão a observação fonética. Não é “ad hominem”, é ADIÔMI. O sujeito sobe nas tamanquinhas e dispara:
— Pronto, lá vem o Olavo com os adiômi.

*

A única coisa que posso responder a quaisquer objeções formuladas por um analfabeto funcional é: Faça o curso do Carlos Nadalim.

*

Cérebro de brasileiro é um tubo digestivo onde entra uma expressão latina e sai um toco de bosta.
 

No Brasil, se um maçom diz que dois mais dois são quatro e você concorda, todo mundo conclui que você é maçom e que provavelmente são cinco.

*

Aposto as duas bolas do saco — e três apostaria se as tivesse — em que vai aparecer alguém dizendo: “Está vendo só? Ele é maçom.”

*

Não existe caminho das pedras. O Brasil só pode ser melhorado cérebro por cérebro.
*
Não há ingenuidade maior do que querer parecer esperto.
*

os oito, SETE são patronos da esquerda, e o oitavo é um murista.

http://www.infowars.com/inequality-8-men-as-rich-as-half-the-worlds-population/

*

Pode me chamar de velho se quiser, mas há provas documentais, testemunhais e factuais de que velho é o cu da sua mãe.

*

Agradeço de coração ao Karim Sebti as iguarias que me enviou do Marrocos por intermédio da nossa amiga comum Joan. Venha nos visitar quando puder.

*

Vou botar este aviso na minha porta: https://t.co/h8SpKcxeMp

15977587_10154883081417192_5373478065669077784_n-1

*

Gastei trinta anos de vida lutando para me tornar autônomo e viver sem patrões. Consegui, mas tem uns carinhas que não param de perguntar “para quem ele trabalha”.
Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu. Tomar no cu.

*

Traduzir Léon Bloy é desafio ante o qual até os mais eruditos conhecedores da língua francesa empalidecem. Roberto Mallet saiu-se surpreendentemente bem no tratamento que deu a “Celle Qui Pleure”, o pequeno livro em que o tempestuoso polemista sacode até os alicerces a falsa segurança dos católicos aburguesados e bem-pensantes, lembrando-lhes, em palavras de fogo, as temíveis verdades trazidas por Nossa Senhora ao mundo nas aparições de La Salette. Verdades que hoje são mais urgentes do que nunca. Não deixem de ler “Aquela Que Chora — e Outros Textos sobre a Senhora da Salette”, tradução de Roberto Mallet, Campinas, Eccliesiae, 2016).

Não deixem de ler “Aquela Que Chora — e Outros Textos sobre a Senhora da Salette”, tradução de Roberto Mallet, Campinas, @Eccliesiae, 2016) https://t.co/nB6c8qQtxD

c2vcue6wiae-8sx

A assessoria do Trump deveria reagir aos ataques publicando as provas incontestáveis de que os documentos do Obama são falsos.

*

O front anti-Trump reune governo Obama, mídia, os maiores bilionários, Arábia Saudita, Irã, China, grupos terroristas, artistas de Hollywood e cartéis de narcotraficantes. É todo o ódio anti-americano condensado no ódio a uma pessoa.

*

Vejam por que a esquerda desesperada promete lutar “sem trégua e sem piedade” para destruir o Trump.

http://www.wnd.com/2017/01/clinton-empire-begins-to-crumble-in-wake-of-news-probes/

*

Uma vez empossado o Trump, será IMPOSSÍVEL continuar escondendo os crimes dos Clintons e do Obama. Daí a pressa agônica de “fazer alguma coisa enquanto é tempo”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s