19/11/2016

 

 

Por favor, se você acha que fulano ou beltrano é “falso direitista”, não venha me contar. Só no Brasil pode haver uma corrente política que tem heréticos antes de ter doutrina.

*

Se você tem alguma “inside information” terrivelmente comprometedora contra alguém que eu conheça, não venha me contar. Sou muito jovem para ficar sabendo dessas coisas horríveis.

*

Gil N Rocha : Apaguei o post do Snopes que você me enviou. Acredito em duendes, mas não no Snopes.

*

Repito: Pegar todo mundo de surpresa e depois amaldiçoar quem não aplaudiu imediatamente é coisa de criança.

*

E o Trump é que é fascista..

Só no Brasil é possível você ser traidor de um movimento ao qual nunca pertenceu.

*

Usar as palavras só pelo impacto emocional acaba levando você mesmo a uma tal confusão que um dia você acabará achando melhor não dizer mais porra nenhuma.

*

O trânsito das impressões diretas até a sua manifestação verbal é tão difícil e complicado que aquele que consegue realizá-lo com eficiência é celebrado como grande escritor. A maioria desiste logo de cara e só repete frases feitas que não têm nada a ver com a sua experiência real. No fim você acaba fazendo como aquela dona que, não sabendo descrever o seu problema sexual, disse que sofria de ejaculação precoce.

*

Nunca tive a menor dúvida de que sou um bosta. No entanto, já inventaram tanta coisa ruim a meu respeito que, em comparação, ser um bosta virou uma espécie de virtude.

*

O verbete da Wikipedia a meu respeito é tão repleto de erros velhos e novos que há tempos já desisti de corrigi-los. Antigamente os editores da coisa mantinham ao menos uma estatística dos verbetes mais vandalizados, e o meu era mais vandalizado que o do Bill Clinton (sem exagero). Depois a coisa ultrapassou a capacidade fiscalizatória de equipe e eles simplesmente liberaram a vandalização.

*

A Wikipédia expressa o consenso científico dos desocupados que a preenchem. É a fonte de informações mais confiável da molecada que não tem informação nenhuma.

*

Nunca tive e nunca terei um Whatsapp. Já sou louco o bastante sem isso.

*

Vejam o número e a qualidade dos intelectuais conservadores nos EUA e na Inglaterra, e entenderão o que falta ao conservadorismo brasileiro.

*

Não percam:

*

Num é pa mi gambá, mas o meu livro “O Mínimo” vendeu 130 mil exemplares, e quatorze mil pessoas já passaram pelos meus cursos desde 2009 (sem contar os vinte anos anteriores e o sucesso do Imbecil Coletivo”). No entanto, para a grande mérdia, o maior fenômeno de popularidade no campo da filosofia são os 6.300 exemplares do livro escrito pelos três patetas. Jornalismo, no Brasil, consiste em tocar punheta diante do espelho.

*

Na aula de hoje do COF, continuarei examinando os textos coletados pelo Claude Tresmontant sobre os modelos básicos de teorias metafísicas.

*

Quando você fica velho, torna-se ao mesmo tempo apressado e preguiçoso. Quer fazer tudo o mais breve possível, contanto que não seja hoje.

*

Antigamente as crianças gostavam de vestir-se como adultos. Hoje os adultos se vestem como crianças. Se isso não é um sinal de degenerescência, não sei o que mais possa ser.

*

A lição do Pe. Paulo (v. abaixo) é muito simples e repete a de Pio IX: se um Papa ensina algo contrário à doutrina dos seus antecessores, não o obedeçam.

*

Em 2008 o advogado Philip Berg, um agente da campanha de Hillary Clinton, sabia perfeitamente que pelo menos um dos documentos de Barack Hussein Obama, o seu certificado de alistamento militar (selective service) era falso. Ele havia lido isso na coluna da Debbie Schussel, como todo mundo. Por que, então, em vez de denunciar esse crime, ele preferiu levantar a questão da nacionalidade, portanto da inelegibilidade do candidato? Obviamente, era porque sabia que, atacando Obama por esse lado, tudo o que iria produzir seria uma controvérsia constitucional sem fim, queimando um pouco a reputação do candidato sem prejudicá-lo substancialmente, ao passo que uma acusação de falsidade documental não só liquidaria a reputação do distinto mas o levaria diretamente para a cadeia. Hillary Clinton, dessa maneira, criou o movimento “birther”, mas já o criou propositadamente fraco, reduzindo a especulações sobre local de nascimento (estigmatizadas desde o início como “teorias da conspiração”) o que poderia ter sido, desde o início, uma imputação criminal simples e fulminante, baseada em provas documentais irrefutáveis. Só assim se explica que, tão logo Obama chegou à presidência, a pioneira dos “birthers” fosse premiada com a Secretaria de Estado. Se tantos republicanos e conservadores caíram na armadilha, insistindo na tese natimorta da nacionalidade queniana e ignorando as provas da falsidade documental, isso só prova até que ponto a hegemonia cultural da esquerda determina até a conduta dos seus adversários sem que estes o percebam. O “nascimento queniano” foi o maior boi-de-piranha da história universal.

*

Até hoje há conservadores que fazem eco à história de que o Obama nasceu no Quênia, ao mesmo tempo que recusam dar ouvidos às provas de falsidade documental coletadas pelo xerife Arpaio, e permitem que este seja jogado para baixo do ônibus pelo crime de haver descoberto a verdade e de lhes ter dado de mão beijada a bala de prata capaz de liquidar o vampiro.

*

 
Olavo de Carvalho Sim, a eleição do Trump pode mudar radicalmente o destino do xerife.
*
Fórmula infalível Obama-Clinton-Berg: Quando você cometeu um crime evidente, acuse-se de outro mais vago e nebuloso e, desmoralizando seus inimigos como levianos acusadores sem provas, induza-os a desistir de investigar o primeiro crime.
*
Deus queira que o presidente Donald Trump faça justiça ao xerife Joe Arpaio.
*
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s