15/11/2016

 

Heróis do anticomunismo, no Brasil, só houve dois: Carlos Lacerda e Gustavo Corção. Milico, NENHUM, absolutamente NENHUM.

Matheus Bacila Castelo Branco?
Olavo de Carvalho Foi ele que, por inveja, desgraçou a carreira do Carlos Lacerda. Quer mais?

*

Medido pelo poder que tiveram sobre todo o país durante vinte anos, o que os milicos fizeram contra o comunismo foi NADA. Combateram as guerrilhas enquanto deixavam que os comunistas dominassem a mídia, as universidades, o movimento editorial e as instituições de cultura. Cuidaram do presente e jogaram o futuro na latrina. Defendo-os contra acusações injustas, mas não os admiro nem os cultuo.

*

Não pude fazer um vídeo em favor desta manifestação porque, com a gripe outonal, minha voz está reduzida a um execrável cochicho. Mas estou solidário e peço que compareçam:

https://www.facebook.com/beatrizkicis/videos/10202470274754093/

*

Se os militares houvessem processado cada engraçadinho que caluniou as Forças Armadas, como durante anos insisti que fizeressem, jamais o Cel. Brilhante Ustra teria chegado a ser submetido a tantas humilhações e injustiças. Não, ele não é um herói. Mas os outros são todos anti-heróis.

*

“Não adianta”, diziam. É o lema do Jeca Tatu: “Não paga a pena”. Ninguém jamais se tornou herói por seguir esse preceito.

*

O outro lado venceu porque, em vez disso, preferiu seguir o Fernando Pessoa: “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.”

*

Brasileiro só se torna herói quando é em defesa de alguma estupidez. Em favor da verdade e da razão, não dá um peido.
O protótipo do herói brasileiro é o Policarpo Quaresma.

*

Se você é a favor da educação GRATUÍTA, com acento no “i”, você está mesmo precisando dela.

*

Momentos inesquecíveis (contribuição da Stella Caymmi):
O Danilo Caymmi estava em Salvador, procurando uma pastilha Hall’s. Não encontrou em parte alguma. Contou ao amigo, este entrou no primeiro boteco:
— Tem Rállis?
Tinha.

*

Haja o que houver dentro da Igreja, a porra da mídia vai sempre reduzir tudo a um conflito entre “conservadores” e “progressistas”, subentendendo que estes são seres racionais e aqueles uns bichinhos assustados, além de velhos e caquéticos. Os conservadores, com sua linguagem rançosa e sua incapacidade de falar aos não católicos, ajudam-na um bocado nesse empreendimento.

*

Há uma forma de demência especificamente cristã, que consiste em acreditar que Deus sempre dirige o curso da História. No século V da nossa era Sto. Agostinho já havia demolido essa santa ilusão. Deus dirige a história da salvação; a da danação Ele deixa para o demônio. Entender o curso da história é, na medida do possível, entender a lógica do demoníaco.

*

Sto. Tomás de Aquino, escrevendo a “Suma Teológica” e a “Suma contra os Gentios”, demonstrou, na prática, a diferença entre falar com os católicos e com os demais. Converter os fiéis é fazer buraco na água.

*

Uma aliança entre George Soros e o Vaticano é um flagelo para toda a humanidade e não só para os católicos. Deve ser denunciada sem NENHUM apelo à doutrina da Igreja, sob pena de fazer desse fenômeno gravíssimo uma pura disputa interna entre facções de católicos.

*

Geraldo Ribeiro Atenção, Olavo de Carvalho: esta página é autêntica?

https://www.facebook.com/olavodedireita/posts/924607780974400

Olavo de Carvalho A página não diz nada contra mim, só distorce uma coisinha ou outra. Pode facilmente passar por autêntica.

*
Dos meus cachorros, a que dá mais trabalho é a Missy. De acordo com a índole da raça, Fox Hound, ela pensa que os automóveis são coelhos e sai perseguindo todos. E para esse nobre exercício salta qualquer cerca, por mais alta que seja.

15073323_10154677742497192_7962726943829809031_n

Matheus Bazzo Os exemplares dessa raça também são conhecidos pelo seu interesse por cinema. Olha aí a Missy participando das filmagens do O Jardim das Aflições ano passado

15037316_1287588497952451_4175618104526585450_n

*

No Brasil, se você defende os milicos contra acusações injustas, você é adepto de um golpe militar. Se diz que eles erraram nisto ou naquilo, é esquerdista.
Neste país não existem o certo e o errado, só “nós” e “eles”.

*

Excelente notícia: os ilegais irão todos para Chicago e acabarão de vez com a cidade, que, com suas leis draconianas de controle de armas, já é a mais violenta dos EUA:

http://chicago.cbslocal.com/2016/11/14/emanuel-tells-undocumented-immigrants-chicago-always-will-be-a-sanctuary-city/

*

Nos EUA, para CADA crime cometido com armas de fogo, ocorrem SESSENTA E CINCO casos de pessoas que, defendendo-se com armas de fogo, se livraram de assaltantes e assassinos. “Controle de armas” É GENOCÍDIO PURO E SIMPLES.

*

Se os militares houvessem processado cada engraçadinho que caluniou as Forças Armadas, como durante anos insisti que fizeressem, jamais o Cel. Brilhante Ustra teria chegado a ser submetido a tantas humilhações e injustiças. Não, ele não é um herói. Mas os outros são todos anti-heróis.

*

“Não adianta”, diziam. É o lema do Jeca Tatu: “Não paga a pena”. Ninguém jamais se tornou herói por seguir esse preceito.

*

O outro lado venceu porque, em vez disso, preferiu seguir o Fernando Pessoa: “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.”

*

A Hillary comprou o apoio de todos os jornais e canais de TV, mas quem corrompeu MESMO a mídia foi o Trump: ofereceu uma semana de graça num dos seus hotéis para a Megyn Kelly…

*

Revejo de vez em quando, sempre com grande satisfação, a série “O Fugitivo” (1963-67). David Janssen era um ator finíssimo, capaz de transmitir as emoções mais sutis sem mover um músculo. Morreu muito jovem. O longa metragem que fizeram depois não é grande coisa. Harrison Ford é sobretudo um ator cômico, pouco à vontade na esfera dos sentimentos profundos.

15073523_731618150323595_9172876964223363782_n

*

Estou louco para comprar esta coisinha, mas a Roxane disse que foge de casa se vier mais um cachorro antes de o Bigmac morrer.

15056387_731619446990132_3663462921636710182_n.jpg

*

Se você der a um Mastiff comida bastante, um bom espaço para fazer cocô e deixá-lo ficar por perto da família o tempo todo, ele nunca dará trabalho e nunca ficará doente. O maior problema é o tamanho dos cocôs.

Luiz Gustavo Ywata Professor, quantos cachorros o sr. Tem?
Olavo de Carvalho Agora, só dois.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s